Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Presidente do Governo recebeu Ministro do Mar


Centro Interpretativo da Agricultura dá a conhecer setor que afirma a Região no exterior, afirma Vasco Cordeiro


Presidente do Governo anuncia disponibilização de 75 habitações na Ribeira Grande e Vila Franca do Campo


Retoma da atividade do Serviço Regional de Saúde está no “bom caminho”, afirma Presidente do Governo


Artigos de Opinião

José San-Bento José San-Bento
"Vitória Histórica"
2020-08-03
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Mar dos Açores"
2020-08-01
José Contente José Contente
"Mare Nostrum"
2020-07-29
Carlos Silva Carlos Silva
"SATA: sinais encorajadores "
2020-07-29
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Autonomia que faça costume"
2020-07-29
José San-Bento José San-Bento
"Autonomia por Procuração"
2020-07-28
Mariana Matos Mariana Matos
"Contradições?"
2020-07-26
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Hernâni Bettencourt

Opinião

"Mar dos Açores"

Hernâni Bettencourt
2020-08-01

 

A denominada Lei do Mar, cujo título original da iniciativa reportava à alteração às Bases da Política de Ordenamento e de Gestão do Espaço Marítimo Nacional, foi aprovava, no passado dia 23 de julho, em sede de votação final global no plenário da Assembleia da República, com os votos a favor do PS, PAN, Iniciativa Liberal e de 5 Deputados do PSD eleitos pelos círculos eleitorais dos Açores e da Madeira; a abstenção do PSD, BE, PCP, CDS-PP, PEV, Chega e 1 Deputado do PS; e o voto contra de 12 Deputados do PS e 1 da Deputada não inscrita Cristina Rodrigues. Esta votação assinala o culminar (assim se espera!) de um longo processo que tinha, aparentemente, um simples objetivo: cumprir a Constituição da República Portuguesa e o Estatuto Político Administrativo da Região Autónoma dos Açores no que concerne aos direitos da Região sobre as zonas marítimas portuguesas. Em concreto, a iniciativa aprovada salvaguarda e garante a participação efetiva das Regiões Autónomas. Como? A lei aprovada, relativamente aos instrumentos de ordenamento e gestão, coloca, até às 200 milhas marítimas, a competência da administração regional, mediante parecer vinculativo da administração central em matérias de soberania e segurança e, para além das 200 milhas marítimas, atribui a competência de propositura à administração central, salvaguardando para as Regiões Autónomas a emissão de parecer vinculativo. Fica, portanto, finalmente consagrada a gestão partilhada do mar! Esta votação, por isso, ficará como um marco histórico da Autonomia. Mas, como atrás referido, tratou-se de um processo demorado. Recorde-se que a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores aprovou, por unanimidade, a 16 de janeiro de 2019, a iniciativa apresentada pelo Governo dos Açores. Uns dias depois, cumpridos os trâmites formais inerentes a qualquer iniciativa, a referida proposta seguiu para a Assembleia da República. Da data de entrada nesta até à aprovação passaram 18 meses! Neste longo período temporal houve lugar a muita conversa, muita explicação, muita persuasão, a cedências de ambos os lados do Atlântico e, finalmente, à pretendida aprovação. Aprovação essa que demonstra, sem margem para quaisquer dúvidas, quem tem força junto dos partidos nacionais. Este processo comprova, mais uma vez, que apenas Vasco Cordeiro faz ouvir a sua voz em Lisboa. Os demais partidos com assento parlamentar na Assembleia Regional, que que votaram de forma unanime a favor, não conseguiram mais do que a abstenção na Assembleia da República. Abstenções essas que não servem para aprovar leis. A “Lei do Mar” foi aprovada com os votos a favor do PS. Foram esses votos que garantiram que se fizesse história. E para a história ficará também um PS cada vez mais autonomista e cuja fação centralista caminha para o residual. O Povo Açoriano saberá reconhecer esta visão progressista do território. O Povo Açoriano reconhecerá, também estou certo, o excecional trabalho de Vasco Cordeiro em todo este processo. A Lei do Mar é uma vitória de Vasco Cordeiro. Outras se seguirão…

 

Mais Artigos

Mariana Matos Apenas e só cumprir os Açores



Berto Messias Negações convenientes



Hélder Silva Hoje assim, amanhã já não



Piedade Lalanda O estado pouco social



Francisco César Este país não é para rapazes



<< <

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados