Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Mensagem do Presidente da República sobre a Lei do Mar é “clara, objetiva e concretizável”, afirma Vasco Cordeiro


Novo pacote de medidas de apoio ao Turismo apresentado nos próximos dias, anuncia Vasco Cordeiro


Agenda para o Relançamento Social e Económico propõe 250 medidas para “tornar os Açores melhor preparados para o futuro”, afirma Vasco Cordeiro


Presidente do Governo recebeu Ministro do Mar


Artigos de Opinião

Mariana Matos Mariana Matos
"Negacionistas"
2020-08-09
Vílson Ponte Gomes Vílson Ponte Gomes
"Uma Nova Agenda"
2020-08-09
José Contente José Contente
"E se?"
2020-08-07
João Castro João Castro
"Lei do Mar"
2020-08-06
José Contente José Contente
"Proximidade"
2020-08-05
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Férias... Pandemia"
2020-08-05
José San-Bento José San-Bento
"Vitória Histórica"
2020-08-03
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
José San-Bento

Opinião

"Autonomia por Procuração"

José San-Bento
2020-07-28

 

Consta que, pela primeira vez, no âmbito das audições determinadas para a fixação da data de eleições regionais, o Presidente da República dirigiu um convite diretamente às estruturas regionais açorianas dos partidos políticos com representação na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.
Face à importância política desse gesto, que é óbvia, ganham especial significado as presenças e as ausências nessas audições.
Lamentavelmente, alguns responsáveis de partidos na situação anteriormente referida, não perceberam, por distração ou por inabilidade políticas, a oportunidade que se lhes oferecia, tendo optado pela ausência (PPM e PSD).
Incompreensivelmente, desperdiçaram uma excelente oportunidade de valorização da nossa Autonomia.
O PS-A foi o único partido que se fez representar ao mais alto nível. Uma delegação composta pelo Presidente do PS-A, Vasco Cordeiro, e pelo líder parlamentar, Francisco César, compareceu, presencialmente, na referida audiência.
O que está em causa não é apenas o respeito institucional devido ao Senhor Presidente da República.
O que está em causa, também, é a miopia política de quem enche a boca a falar da valorização da Autonomia e, depois, deixa escapar uma autêntica oportunidade de ouro.
Nas atuais circunstâncias, a ausência do líder do segundo maior partido, com a infeliz desculpa do receio da COVID-19, para além de miopia política, revela uma confrangedora incoerência.
Quem põe cartazes na rua dizendo que é necessário substituir o medo pela confiança, contradiz-se cruelmente, quando, por medo, desperdiça uma oportunidade histórica.
Assim, com mais esta omissão ou, em rigor, uma clara demissão de responsabilidades, não são só estes partidos (PSD e PPM) que perdem, mas sim os eleitores que neles votam que vêm defraudada a representação que deles esperam. É que cá, como lá, a Autonomia não se exerce por procuração.

 

Mais Artigos

Francisco César Um País de Incertezas



Piedade Lalanda Sou republicana



Cláudia Cardoso Amnésia



Berto Messias Unidos em nome da Autonomia



João Aguiar Olá bom dia. Olá boa noite.



José San-Bento Embaraço Constitucional



Mariana Matos Apenas e só cumprir os Açores



Berto Messias Negações convenientes



<< <

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados