Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Obra de construção da proteção de emergência já arrancou no Porto das Lajes das Flores


Vasco Cordeiro dedica o dia a contactos no Corvo no âmbito da retoma da atividade económica da Região


Reunião com o Presidente da Câmara da Praia da Vitória permitiu analisar a retoma económica no concelho, afirma Vasco Cordeiro


“Interessa agora trabalhar para que a economia e o emprego ganhem novo impulso” em cada ilha, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Carlos Silva Carlos Silva
"Reerguer a Economia Açoriana"
2020-06-04
José Contente José Contente
"Da Autonomia"
2020-06-04
Francisco César Francisco César
"44 anos a cuidar de nós"
2020-06-02
Vasco Cordeiro Vasco Cordeiro
"Dia da Região | Mensagem do Presidente do Governo dos Açores"
2020-06-02
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Retomar"
2020-05-30
Lara Martinho Lara Martinho
"A Bazuca chegou"
2020-05-30
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Desconfinando"
2020-05-30
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
João Vasco Costa

Opinião

"Deve o executivo ficar impedido de governar no último ano da legislatura?"

João Vasco Costa
2020-02-04

 

Foi com estupefação que tive conhecimento das lamentáveis considerações que o Presidente do Conselho de Ilha de Santa Maria fez a propósito da apresentação efetuada pela Secretária Regional da Saúde, em Santa Maria no dia 29 de janeiro, sobre o mapa de deslocações de especialistas à nossa ilha.
É mais do que legítimo que se critique quando não se concorda com a atuação governativa, mas parece ridículo que se critique quando esta atuação vem ao encontro dos anseios dos marienses, usando o argumento primário de que se trata de propaganda por estarmos em ano de eleições. Deve o executivo ficar impedido de governar no último ano da legislatura?
Mais estranha, para não dizer outra coisa, é a reação surgir numa rede social, depois do Presidente do Conselho de Ilha ter faltado ao encontro com a Secretária da Saúde, para o qual foi convidado e sem se ter feito representar, ficando ausente um tão importante órgão da nossa Ilha. Esta é uma postura indigna para quem exerce o cargo de Presidente do Conselho de Ilha, a quem se exige o distanciamento mínimo, sem ser tendencioso partidariamente.
Já não é a primeira vez que vai revelando esta sua característica um pouco avessa à frontalidade que à contrário tem outra adjetivação. Sugeria, assim, a mesma indignação sobre o dolce fare niente da autarquia (quanto ao investimento, já que para a festança popularucha não se aplica) nos últimos anos sem que o Conselho de Ilha se manifeste de forma inequívoca.
Santa Maria não tem filhos nem enteados, somos todos marienses, ou talvez não!

 

Mais Artigos

Berto Messias Erros que se pagam caro



José San-Bento Uma Autarquia Exemplar



Alexandre Pascoal Cultura, não é ‘gasto’ é Investimento



Alexandre Pascoal Cultura, o Plano e Orçamento para 2011



Rogério Veiros Um bom orçamento para os açorianos



João Aguiar Habitar com dignidade



Mariana Matos Ricochete



Berto Messias O Plano e Orçamento das Empresas e das Famílias



<< <

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados