Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Novo quartel garante “perspetiva de futuro” ao trabalho dos Bombeiros do Faial, afirma Vasco Cordeiro


Governo dos Açores prepara alterações ao Regime Jurídico da Proteção Civil


Reconstrução do Lorenzo em plena “velocidade de cruzeiro” por toda a Região, afirma Vasco Cordeiro


Serviço Regional de Saúde com reforço de 95 milhões de euros, anuncia Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Traços nos tês"
2020-07-08
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"A revisão orçamental para responder às pessoas"
2020-07-08
José San-Bento José San-Bento
"Presidente de Menos"
2020-07-06
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Confiar"
2020-07-04
Lara Martinho Lara Martinho
"Orçamento do Estado Suplementar"
2020-07-04
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Azores Parque: um inquérito que se impunha! "
2020-07-04
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Nossa rica Ponta Delgada"
2020-07-04
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Influência"

Francisco Coelho
2020-02-10

 

A Universidade dos Açores, desde a década de noventa do século XX, e por acordo dos Governos Cavaco/Amaral, passou para a órbita da República.
Mas compete a Lisboa tutelá-la de forma efetiva; e tendo em conta que a nossa realidade arquipelágica, além de ratio constitucional da Autonomia, vincula todos os órgãos de poder. Isso mesmo foi clarificado na 3ª revisão do EPARAA, no seu artº 132º nº 1: “A Administração do Estado na Região é organizada de forma a combater as consequências negativas da insularidade e ultraperiferia do arquipélago e tem em conta as especificidades regionais” – acrescentando o seu nº 2: “O Estado assegura uma distribuição equilibrada dos seus serviços entre as diversas ilhas”. A explicitação desse princípio foi também decisão unânime, surgida durante os trabalhos da respetiva Comissão, e não foi comprada ao “escritório de advogados” que já então assessorava o nosso Parlamento…
Isto a propósito da famigerada tripolaridade da nossa Universidade, cujo custo é uma obrigação da República, apesar das anti-autonómicas vozes que vão sussurrando que a “sede” é com a República, e os “exóticos” Pólos um luxo para a autonomia sustentar… Foi com surpresa que ouvi um arroubo dessa teoria no discurso com que Bolieiro encerrou o seu congresso. Mas deve ter sido equívoco, porque Bolieiro, como co-artífice e membro influente da Comissão de revisão do Estatuto, partilha, estou certo, da boa doutrina.
E aos critérios gerais e iguais de financiamento, há que juntar os custos da tripolaridade e da remuneração complementar devida aos seus trabalhadores!
Ao chamar a Santana o respetivo Ministro, para sentá-lo com o respetivo Reitor, Vasco Cordeiro demonstrou mais uma vez rapidez na ação, firmeza na decisão e influência política real. Que é o muito decisivo que nos compete ter nesta matéria…

 

Mais Artigos

Lúcio Rodrigues Juventude e Renovação



Piedade Lalanda Defender o Estado Social



Piedade Lalanda Viver em Liberdade



Berto Messias De uma vez por todas



Francisco César O cheque e a “tempestade perfeita”



João Aguiar Para que o Povo decida



José Ávila O meu Abril



Berto Messias Portugal não é uma folha de excel



<< <

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados