Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

PS/Açores designa Vasco Cordeiro como candidato a Presidente do Governo e aprova listas com renovação de 70%


Novo quartel garante “perspetiva de futuro” ao trabalho dos Bombeiros do Faial, afirma Vasco Cordeiro


Governo dos Açores prepara alterações ao Regime Jurídico da Proteção Civil


Reconstrução do Lorenzo em plena “velocidade de cruzeiro” por toda a Região, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Vílson Ponte Gomes Vílson Ponte Gomes
"Trajeto a seguir"
2020-07-12
Mariana Matos Mariana Matos
"Sinais"
2020-07-12
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Um orçamento suplementar que diz presente!"
2020-07-12
Lara Martinho Lara Martinho
"A Aposta no Atlântico"
2020-07-12
José Contente José Contente
"Traços nos tês"
2020-07-08
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"A revisão orçamental para responder às pessoas"
2020-07-08
José San-Bento José San-Bento
"Presidente de Menos"
2020-07-06
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Mónica Rocha

Opinião

"1º Leite Biológico Português made in Açores"

Mónica Rocha
2019-11-06

 

Foi com entusiasmo e orgulho que vi a primeira embalagem de Leite Biológico Açoriano produzido na Ilha Terceira lançada no evento TasteAzores, uma iniciativa da Vice-Presidência, através da SEDEA, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa.
Entusiasmo porque atrás de uma embalagem de leite está todo um caminho e um processo que exigiu coragem para fazer diferente, quer por parte dos produtores que participam no projeto, quer por parte da PRONICOL que arriscou investir em algo pioneiro e que deve ser encarado como um recurso para uma fileira que exige, mais do que nunca, que se encontrem soluções sustentadas em valor acrescentado, diferenciação e proximidade com as verdadeiras questões de sustentabilidade ambiental e económica.
Este leite é fruto de um processo de dois anos que passou por assumir o compromisso, com a sociedade e com o consumidor, de cumprir com as regras que legitimam e distinguem um produto certificado em Agricultura Biológica. Produzir qualquer produto em Modo de Produção Biológico (MPB) requer sempre um trabalho de conquista de saber, formação específica e acompanhamento técnico, de modo a ultrapassar possíveis desafios. Desengane-se quem acha que produzir Bio é só mudar ou fazer algumas alterações e quem apostou e aposta contra, afirmando que é impossível produzir determinados produtos em MPB.
É com orgulho que vejo, mais uma vez, que o trabalho dos homens e mulheres da terra, o verdadeiro espírito de cooperação, o investimento e implementação de políticas e estratégias de ação, como o Plano Estratégico para a Agricultura Biológica, por exemplo, podem e devem ser veículos e instrumentos ao serviço de todos e que, regra geral, são bem-sucedidos.
Também com orgulho repito o que já expressei, quando parecia uma utopia: os Açores têm potencial para ser uma referência a nível nacional e internacional em matéria de Agricultura Biológica.
O caminho que vem sendo trilhado em todas as ilhas, com cada uma a encontrar o seu potencial, orientando a sua produção com base nas necessidades do mercado e na devida aposta na variedade e qualidade, permite-me reafirmar que este título já é nosso. E agora não somos somente uma referência, mas a referência!
Permitam-me, assim, alimentar a vaidade em nome de todos os Açorianos, em especial os Terceirenses, já que somos, por agora, o único sitio onde se produz Leite Biológico em Portugal. Qualquer outra embalagem com esse título será de leite importado e embalado em Portugal.
Espero que este produto, o seu valor e aquilo que representa, seja bem explorado e enquadrado numa campanha de marketing que nos projete além-fronteiras, mas que também tenha uma presença forte no mercado regional, honrando e cumprindo o nosso dever para com os consumidores Açorianos e para com quem nos visita. É igualmente desejável que se construa e alimente uma imagem e relação de cumplicidade entre todos os envolvidos, que se personalize um pouco mais este projeto e que se aposte mais na consciencialização e sensibilização para os benefícios deste produto, para o impacto que o mesmo tem nas nossas vidas, saúde e ambiente. Acredito que assim poderemos combater as campanhas nefastas em torno do leite e conseguiremos mais proximidade entre produtor e consumidor, fazendo com que este se identifique um pouco mais e assim faça uma escolha mais responsável, consciente e informada.
Por fim, aguardo com expectativa o lançamento deste produto na Ilha Terceira, já que os produtores e quem nele investiu merecem um momento de celebração, pelo pioneirismo do 1º leite Biológico Português, made in Açores.
Faço votos para que mais se juntem ao projeto e que este seja apenas um pequeno passo num caminho que se augura auspicioso.
A todos, bem hajam!

 

Mais Artigos

Carlos Enes Sempre fomos e seremos solidários



Carlos Enes RTP/A depois da janela viria o postigo



Berto Messias Viva a República



Mariana Matos Há coisas que nunca mudam



José Ávila O Galinho da Madeira



Cláudia Cardoso Duas medidas



Cláudia Cardoso O diálogo



Berto Messias A solução que não resolve nada



<< <

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados