Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Conferência de Imprensa do Presidente do Governo Regional dos Açores


Mensagem do Presidente do Governo Regional dos Açores


PS/Açores congratula-se com a realização de Plenário da ALRAA por Videoconferência


Governo dos Açores organiza bolsa de alojamento para proteger as famílias dos profissionais de saúde e proteção civil


Artigos de Opinião

Francisco Coelho Francisco Coelho
"Corsário"
2020-04-04
Lara Martinho Lara Martinho
"ESTADO DE EMERGÊNCIA REFORÇADO"
2020-04-04
José Ávila José Ávila
"A vida em tempos de crise"
2020-04-04
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Mal-entendido?! Em 2011 já era tarde…"
2020-04-03
José Contente José Contente
"Repugnante"
2020-04-01
Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"Não apetece!"
2020-04-01
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Respostas."
2020-04-01
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Corsário"

Francisco Coelho
2020-04-04

 

Foi preciso fechar as ilhas. Nada de estranhos, de costumes e linguajar. Ninguém sai e ninguém entra. Fechadinhos em casa, a espreitar pelo postigo que já não temos o mar que sempre nos conformou. Circular é quase proibido. Mais de cinco será considerado provocação à DGS. Trabalhar, só se for essencial, mas antes pelo big-brother da rede. Beijos, abraços e outros aconchegos são de uma extrema inconveniência e imoralidade. Plastifiquemo-nos, cidadãos! O confinamento é a nova dimensão da virtude. Espirrar dá direito a auto de notícia e segregação devida aos pestilentos. Já nem de cotovelo nos podemos tocar, não pelo risco de dor inconveniente, mas por causa do “penalty” dos dois metros da marca que é o outro. Enquanto os novos feiticeiros não inventarem a poção mágica, estamos nesta semi-vida. Um terço da Humanidade sequestrada, e a luta de classes é já entre os do “tele-trabalho, e os “famélicos da terra”, que têm de continuar a “sujar as mãos”.
Para nós, açorianos, não é historicamente inédito. O Mar sempre foi mais isolamento que partida, por onde chegavam corsários que levavam o que era nosso. A pobreza fazia com que a ilha fosse demasiado grande para a conhecermos bem. Para além de sismos e outros temporais. E depois pensámos que éramos modernos, ricos e democratas; saudáveis, prósperos e livres… até o bicho abanar essa ufana trindade! Mas é o estádio civilizacional que temos, mai-la quarentena, que nos livra, de forma também inédita, de milhões de mortos à escala global. Temos, pois, de nos conformar. Sem nos deformar, com tristes e indignos hábitos. Com redobradas ganas, a vida digna vai voltar! Para desgosto de uns poucos servos de seitas autopenitentes, autoritárias e separatistas, que se afadigam a celebrar nas redes a sua missinha negra!

 

Mais Artigos

Vílson Ponte Gomes SURTO DE DESINFORMAÇÃO



Mariana Matos Vai correr tudo bem!



Francisco Coelho Espelho



Lara Martinho ANDRÀ TUTTO BENE, VAMOS TODOS FICAR BEM



Hernâni Bettencourt Estado de emergência: tardio ou precipitado?



José San-Bento Gerir a Crise



Hernâni Bettencourt Uma varanda presidencial com vista para a praia de Carcavelos



Lara Martinho REIVINDICAMOS!



<< < > >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados