Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Serviço Regional de Saúde com reforço de 95 milhões de euros, anuncia Vasco Cordeiro


Coesão social é o grande desafio da UE para a recuperação pós-COVID, afirma Vasco Cordeiro


Isabel Almeida Rodrigues questiona Diretora da UNICEF sobre medidas de proteção à infância


PSD chumba consulta pública do projeto de requalificação do Mercado da Graça


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Decisões"
2020-07-01
José San-Bento José San-Bento
"PANdemónio"
2020-06-29
Mariana Matos Mariana Matos
"Viver os Açores!"
2020-06-28
Vílson Ponte Gomes Vílson Ponte Gomes
"Pela terceira vez"
2020-06-28
Mónica Rocha Mónica Rocha
"A imprescindível defesa e valorização da Agricultura Familiar"
2020-06-28
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Concertação"
2020-06-27
Lara Martinho Lara Martinho
"CTT, TAP E OUTRAS NOVIDADES!"
2020-06-27
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Berto Messias

Opinião

"O Partido de La Palisse"

Berto Messias
2011-10-31

 

Para quem não sabe, Jaques la Palisse foi um nobre e militar francês, que morreu na batalha de Pavia em 1525. A História encarregou-se de definir "uma verdade de La Palisse" quando um facto, por tão evidente ou óbvio, salta aos olhos de qualquer um.
Nos últimos tempos, temos assistido com mais intensidade aquilo que já era uma evidência, mas que agora se revela de forma mais clara: a enorme fragilidade de propositura e de consistência política do PSD/Açores.
É o partido de La Palisse. Só diz o óbvio, não se compromete com nada, só afirma banalidades e tudo o que seria estruturante e estratégico para o futuro é remetido para 2012 ou 2013. Esta postura de um partido que se diz alternativa ao actual Governo Regional é inacreditável.
Quando perguntam quais as propostas para combater o desemprego, responde que é preciso mais emprego, quando lhe perguntam por medidas para isso, diz que só as apresenta em 2012 no programa eleitoral, o que não deixa de ser um profundo desrespeito para quem esta desempregado. Quando lhe perguntam como pretende ajudar as empresas, responde que as empresas precisam de mais trabalho. Quando lhe perguntam como conseguira diminuir os preços das passagens, responde que é com diálogo. Quando lhe pergunta como resolve o problema da RTP/Açores e como influência o seu partido a nível nacional, diz que tem uma solução, mas que é só para 2013.
Enfim, nem La Palisse, o pai da ciência do óbvio, diria ou faria melhor.
Uma conferência de imprensa e uma visita não são iguais a uma proposta. É preciso mais. Exige-se mais do maior partido da oposição.
Em boa verdade, o que temos assistido é um deserto de propostas consistentes ou propostas que são apresentadas como sendo a cura para todos os males e, contas feitas, revelam-se nefastas.
Basta lembrar a proposta do PSD/Açores, no âmbito do Plano e Orçamento para 2011. O PSD/Açores queria reduzir o IRS em 30% até ao quarto escalão. Contas feitas, quem ganhasse 42 mil euros por ano, teria uma redução de IRS quatro vezes superior a quem ganhasse até 7.400 euros. La Pallise não teria uma solução melhor!

 

Mais Artigos

José Contente Decisões



José San-Bento PANdemónio



Mariana Matos Viver os Açores!



Vílson Ponte Gomes Pela terceira vez



Mónica Rocha A imprescindível defesa e valorização da Agricultura Familiar



Francisco Coelho Concertação



Lara Martinho CTT, TAP E OUTRAS NOVIDADES!



Hernâni Bettencourt Loucos de Lisboa



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados