Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Retoma da atividade do Serviço Regional de Saúde está no “bom caminho”, afirma Presidente do Governo


Obra de quatro milhões de euros no Museu Carlos Machado vai proporcionar melhores condições aos visitantes, afirma Vasco Cordeiro


Vasco Cordeiro inaugura projeto-piloto que aposta em novas tecnologias de mobilidade elétrica


Vasco Cordeiro recebe contributos da JS para futuras políticas da educação, emprego, habitação e sustentabilidade


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Mar dos Açores"
2020-08-01
José Contente José Contente
"Mare Nostrum"
2020-07-29
Carlos Silva Carlos Silva
"SATA: sinais encorajadores "
2020-07-29
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Autonomia que faça costume"
2020-07-29
José San-Bento José San-Bento
"Autonomia por Procuração"
2020-07-28
Mariana Matos Mariana Matos
"Contradições?"
2020-07-26
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Gorbachev"
2020-07-25
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Mariana Matos

Opinião

"Contradições?"

Mariana Matos
2020-07-26

 

Esta semana, ao folhear a imprensa escrita, dei por mim a relembrar uma célebre frase do não menos famoso economista norte-americano John Galbraith: “nada é tão admirável em política quanto uma memória curta”.
Tudo isto a propósito da notícia que dava conta que o líder do PSD/Açores iria participar, por videoconferência, na audiência concedida pelo Presidente da República aos partidos políticos com o objetivo de agendar as próximas eleições regionais.
Não deixa de ser verdadeiramente espantoso que, numa das suas já características manobras de contorcionismo político capazes de fazer corar qualquer ginasta olímpica, José Manuel Bolieiro recorra à pandemia para justificar a sua não ida a Belém e, ao mesmo tempo, espalhe cartazes por toda a Região a dizer ser necessário “substituir o medo pela confiança”.
Martin Esslin, pai da expressão “teatro do absurdo” não encontraria melhor exemplo do que este argumento do prolixo presidente suspenso da Câmara Municipal de Ponta Delgada. O mesmo, aliás, que em 2017 rasgava as vestes de indignação quando era confrontado com a possibilidade anunciada de não cumprir o mandato na autarquia até ao fim. Depois, já em 2020, e quando finalmente já não sobravam argumentos face ao incumprimento da palavra tantas vezes reiterada ao eleitor de Ponta Delgada, disse que suspendia “simbolicamente” o mandato, mas que, apesar disso, não regressava ao município. Enfim, com tanta contradição e incoerência não há “confiança” que resista. Resta o simbolismo, o qual é curto e, em política, fraca panaceia para quem se confronta com a realidade…

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt Mar dos Açores



José Contente Mare Nostrum



Carlos Silva SATA: sinais encorajadores



Sónia Nicolau Autonomia que faça costume



José San-Bento Autonomia por Procuração



Mariana Matos Contradições?



Francisco Coelho Gorbachev



Lara Martinho Estado da Nação



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados