Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Retoma da atividade do Serviço Regional de Saúde está no “bom caminho”, afirma Presidente do Governo


Obra de quatro milhões de euros no Museu Carlos Machado vai proporcionar melhores condições aos visitantes, afirma Vasco Cordeiro


Vasco Cordeiro inaugura projeto-piloto que aposta em novas tecnologias de mobilidade elétrica


Vasco Cordeiro recebe contributos da JS para futuras políticas da educação, emprego, habitação e sustentabilidade


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Mar dos Açores"
2020-08-01
José Contente José Contente
"Mare Nostrum"
2020-07-29
Carlos Silva Carlos Silva
"SATA: sinais encorajadores "
2020-07-29
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Autonomia que faça costume"
2020-07-29
José San-Bento José San-Bento
"Autonomia por Procuração"
2020-07-28
Mariana Matos Mariana Matos
"Contradições?"
2020-07-26
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Gorbachev"
2020-07-25
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
José Contente

Opinião

"O binómio saúde-economia terá de constituir a nossa nova moeda única europeia"

José Contente
2020-07-03

 

A globalização unifica, mas também segmenta. Por isso, tanto estamos sujeitos aos fluxos de pessoas e recursos externos, como em determinadas situações temos de usar o isolamento geográfico ou alopátrico para nos defendermos. Foi o que aconteceu nesta pandemia. Hoje, todos os fora económico internacionais apontam para um crescimento global da economia com cifras negativas, ainda mais graves do que era esperado para o 1º semestre de 2020. Infelizmente, a recuperação é projetada para ser mais gradual do que o previsto anteriormente. Os impactos são mais graves nas famílias de baixos rendimentos, o que pode acentuar a pobreza e as desigualdades. Porém, o grau de incerteza das previsões é ainda maior.
Neste quadro, existem várias prioridades: dotar os sistemas de saúde dos recursos adequados, fiscalizar rigorosamente a higiene e segurança no local de trabalho, apoiar as famílias com perdas de rendimentos e as empresas que tiveram restrições impostas à sua atividade. Após a reabertura das economias e à medida que a recuperação económica se inicia, os apoios oficiais devem ser gradualmente reduzidos e realocados a setores socioeconómicos que podem persistir em crise.
O próximo Conselho Europeu deste mês será determinante para garantir o ideal fundacional de um espaço com 400 milhões de habitantes. A solidariedade e o estado social terão de se concretizar ou a Europa passará de “velho continente” para “continente definhado”. Velho continente que traduz a base do iluminismo, da convivência individual liberal com o coletivo radicado no socialismo democrático e no estado social. Alguns ensinamentos desta pandemia expressam-se em diversas dimensões e exigências: nova economia circular global e nacional, mitigação das alterações climáticas com taxas para as emissões de carbono, coragem para instituir a tributação em paraísos fiscais, apoio à investigação destinada à saúde pública, reconstrução de sistemas de segurança civil com armazenamento de equipamentos ajustados a incidentes biológicos e cultura de autoproteção.
O Governo dos Açores tomou decisões mesmo antes da pandemia chegar. Densificou-as em dezenas de medidas socioeconómicas e sanitárias. Esta proatividade é sempre muito importante. Hoje, a obrigação dos testes para quem se desloca para os Açores deveria ser norma para os países da União Europeia ou quiçá mundial. Passaporte sanitário europeu ou item sanitário nos passaportes globais deviam ser obrigatórios. Deste modo, evitava-se que qualquer viajante de um qualquer país europeu, ou mundial, pudesse infetar o país de destino. Os 95 milhões de euros de reforço ao Sistema Regional de Saúde, que serão aprovados em julho no Orçamento suplementar, representam um sinal inequívoco das prioridades do Governo dos Açores.
Neste quadro global, as nossas empresas beneficiarão de um próximo quadro comunitário que se espera ainda mais vantajoso e supletivo, o que poderá relançar a economia, o emprego e o rendimento. O binómio saúde-economia terá de constituir a nossa nova moeda única europeia.

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt Mar dos Açores



José Contente Mare Nostrum



Carlos Silva SATA: sinais encorajadores



Sónia Nicolau Autonomia que faça costume



José San-Bento Autonomia por Procuração



Mariana Matos Contradições?



Francisco Coelho Gorbachev



Lara Martinho Estado da Nação



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados