Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Obra de construção da proteção de emergência já arrancou no Porto das Lajes das Flores


Vasco Cordeiro dedica o dia a contactos no Corvo no âmbito da retoma da atividade económica da Região


Reunião com o Presidente da Câmara da Praia da Vitória permitiu analisar a retoma económica no concelho, afirma Vasco Cordeiro


“Interessa agora trabalhar para que a economia e o emprego ganhem novo impulso” em cada ilha, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Francisco Coelho Francisco Coelho
"Tele… Quê?"
2020-06-06
Lara Martinho Lara Martinho
"Estabilizar para recuperar"
2020-06-06
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Um discurso marcante para uma missão hercúlea "
2020-06-06
José Ávila José Ávila
"Quando falta palco"
2020-06-06
João Vasco Costa João Vasco Costa
"Do fastio"
2020-06-05
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Esclarecimento"
2020-06-05
Carlos Silva Carlos Silva
"Reerguer a Economia Açoriana"
2020-06-04
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
João Paulo Ávila

Opinião

"O Eu e o Nós"

João Paulo Ávila
2020-05-22

 

Estes últimos acontecimentos quase que fazem lembrar aquelas anedotas clássicas de humor português, não fossem eles tão graves.

Vejamos: um cidadão açoriano em quarentena obrigatória num hotel de quatro estrelas, um advogado isento sem quaisquer interesses políticos e um pedido de habeas corpus entram num tribunal. Lá dentro descrevem que as condições a que o cidadão estava submetido não eram dignas e que fazer exercício era uma atividade de que estava privado, que lavar a sua roupa era tarefa que este até tinha que fazer e se calhar que receber mais de três refeições por dia era um incómodo a que este estava submetido, sem necessidade nenhuma. Entretanto do fundo da sala ouvia-se alguém, que não se percebe bem quem era, a exclamar: “isto é uma prisão!”. E lá continuavam a descrever argumentos de desumanidade. No fim, em menos de uma hora, lá conseguiram que o tribunal decidisse que o cidadão queixoso abandonasse imediatamente estas parcas condições e seguisse o seu caminho. E lá foram eles, felizes porque alcançaram a liberdade desejada.

Bem… no fim, eles foram os únicos a rir desta história sem piada nenhuma.

Caros ouvintes, se é verdade que a liberdade individual de cada um não pode ser posta em causa, também é verdade que essa liberdade só deve ir até ao limite da liberdade dos outros. Nunca, em tempo algum, a liberdade de um só poderá pôr em causa a saúde de toda uma comunidade. Nunca a liberdade de um só cidadão pode ser mais importante que o esforço de toda uma população que desde a primeira hora, sem reticências, se empenhou para que tudo corresse bem.

Na minha crónica do passado dia 24 de abril, quando me referia a todos aqueles que estão na linha da frente deste combate e valorizei todo o seu esforço, dei grande relevância ao verdadeiro significado e à real importância de vivermos em sociedade e de todos precisarmos uns dos outros. Fi-lo porque considero e acredito que só assim se conseguem atingir os melhores resultados para todos.

O “eu” nunca deverá ser mais importante que o “nós”. Seja qual for o nosso papel, precisamos que todos façam a sua parte, colocando sempre, acima de tudo, o “nós” como personagens principais da nossa vida coletiva.

E o “nós”, caros ouvintes, não é relativo, o “nós” deve ser sempre superlativo em relação ao “eu”.

Em jeito de conclusão: seja em que instância for, o bem comum deve ser sempre o mote das nossas ações. O bem de todos é o objetivo, primeiro e último, de todas as decisões.

 

Mais Artigos

Francisco Coelho Tele… Quê?



Lara Martinho Estabilizar para recuperar



Hernâni Bettencourt Um discurso marcante para uma missão hercúlea



José Ávila Quando falta palco



João Vasco Costa Do fastio



Francisco Coelho Esclarecimento



Carlos Silva Reerguer a Economia Açoriana



José Contente Da Autonomia



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados