Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro prossegue ronda de contactos em todas as ilhas da Região


“O tempo é de arregaçar as mangas e, mais uma vez, por de pé a Região”, afirma Vasco Cordeiro


Povo dos Açores é o inequívoco vencedor do combate à pandemia, salienta o Presidente do Governo


Declaração do Governo dos Açores sobre as medidas de desconfinamento a implementar no mês de junho na Região Autónoma dos Açores


Artigos de Opinião

Francisco César Francisco César
"44 anos a cuidar de nós"
2020-06-02
Vasco Cordeiro Vasco Cordeiro
"Dia da Região | Mensagem do Presidente do Governo dos Açores"
2020-06-02
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Retomar"
2020-05-30
Lara Martinho Lara Martinho
"A Bazuca chegou"
2020-05-30
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Desconfinando"
2020-05-30
Mónica Rocha Mónica Rocha
"Prioridades da Agricultura Açoriana em tempos de pandemia"
2020-05-30
José San-Bento José San-Bento
"Balanço Intercalar"
2020-05-26
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Corsário"

Francisco Coelho
2020-04-04

 

Foi preciso fechar as ilhas. Nada de estranhos, de costumes e linguajar. Ninguém sai e ninguém entra. Fechadinhos em casa, a espreitar pelo postigo que já não temos o mar que sempre nos conformou. Circular é quase proibido. Mais de cinco será considerado provocação à DGS. Trabalhar, só se for essencial, mas antes pelo big-brother da rede. Beijos, abraços e outros aconchegos são de uma extrema inconveniência e imoralidade. Plastifiquemo-nos, cidadãos! O confinamento é a nova dimensão da virtude. Espirrar dá direito a auto de notícia e segregação devida aos pestilentos. Já nem de cotovelo nos podemos tocar, não pelo risco de dor inconveniente, mas por causa do “penalty” dos dois metros da marca que é o outro. Enquanto os novos feiticeiros não inventarem a poção mágica, estamos nesta semi-vida. Um terço da Humanidade sequestrada, e a luta de classes é já entre os do “tele-trabalho, e os “famélicos da terra”, que têm de continuar a “sujar as mãos”.
Para nós, açorianos, não é historicamente inédito. O Mar sempre foi mais isolamento que partida, por onde chegavam corsários que levavam o que era nosso. A pobreza fazia com que a ilha fosse demasiado grande para a conhecermos bem. Para além de sismos e outros temporais. E depois pensámos que éramos modernos, ricos e democratas; saudáveis, prósperos e livres… até o bicho abanar essa ufana trindade! Mas é o estádio civilizacional que temos, mai-la quarentena, que nos livra, de forma também inédita, de milhões de mortos à escala global. Temos, pois, de nos conformar. Sem nos deformar, com tristes e indignos hábitos. Com redobradas ganas, a vida digna vai voltar! Para desgosto de uns poucos servos de seitas autopenitentes, autoritárias e separatistas, que se afadigam a celebrar nas redes a sua missinha negra!

 

Mais Artigos

Francisco César 44 anos a cuidar de nós



Vasco Cordeiro Dia da Região | Mensagem do Presidente do Governo dos Açores



Francisco Coelho Retomar



Lara Martinho A Bazuca chegou



Hernâni Bettencourt Desconfinando



Mónica Rocha Prioridades da Agricultura Açoriana em tempos de pandemia



José San-Bento Balanço Intercalar



José Contente Confiar



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados