Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Conferência de Imprensa do Presidente do Governo Regional dos Açores


Mensagem do Presidente do Governo Regional dos Açores


PS/Açores congratula-se com a realização de Plenário da ALRAA por Videoconferência


Governo dos Açores organiza bolsa de alojamento para proteger as famílias dos profissionais de saúde e proteção civil


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Repugnante"
2020-04-01
Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"Não apetece!"
2020-04-01
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Respostas."
2020-04-01
José San-Bento José San-Bento
"Decisão Acertada"
2020-03-30
Carlos Silva Carlos Silva
"Salvar empregos e apoiar empresas"
2020-03-30
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"“Resfriadinho” e outras “bobagens” em tempos de pandemia"
2020-03-28
Lara Martinho Lara Martinho
"NÃO PODEMOS PERDER A ALMA"
2020-03-28
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Espelho"

Francisco Coelho
2020-03-21

 

De repente, virou-se o nosso mundo.
Impõem-se medidas extraordinárias para circunscrever o vírus. Com sacrifício do nosso normal, da economia e da vida em sociedade. Mas a nossa sobrevivência, individual e coletiva, exige que muitos continuem a sair e a trabalhar: porque há que tratar, comer, e continuar a ter acesso a bens essenciais... E por isso mesmo os decisores têm que optar, a cada momento, suportados nos saberes, a justa harmonização entre o isolamento e as suas consequências na logística e na economia, cuja total paralisação seria suicidária. E por isso mesmo também é decisivo controlar o vírus do pânicoe do primarismo, quase sempre disfarçados em espírito de bravata.
Ninguém se salva sozinho. É o sentido de dever, para connosco e para com os outros, que deve determinar os nossos comportamentos: nunca esquecendo os nossos, onde quer que estejam (porque o povo açoriano nunca tem "bicho", mesmo os que precisam de se tratar ou de isolamento profilático!; respeitando no essencial os outros, ainda que excecionalmente a saudável distância; confiando na superioridade, em eficiência e valores, do Estado de Direito Democrático, que até permite estados de emergência preventivos; não abdicando nunca da necessidade, adequação e proporcionalidade na restrição de direitos; exigindo sempre que a Democracia não se contamine e que o essencial do funcionamento dos órgãos de poder democrático nunca entre em quarentena.
E assim tem sido. Da esmagadora parte dos nossos concidadãos e de todos os órgãos de poder. Porque não nos conformamos com a liberdade dos cemitérios nem com a vida dos servos. E quando isto passar, porque vai passar, seremos então capazes de suportar a imagem do espelho e dignos de repetir: "Antes morrer Livres que em Paz sujeitos".

 

Mais Artigos

José Contente Repugnante



Dionísio Faria e Maia Não apetece!



Sónia Nicolau Respostas.



José San-Bento Decisão Acertada



Carlos Silva Salvar empregos e apoiar empresas



Hernâni Bettencourt “Resfriadinho” e outras “bobagens” em tempos de pandemia



Lara Martinho NÃO PODEMOS PERDER A ALMA



Francisco Coelho Euro-dose



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados