Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vagas em lares residenciais mais do que triplicaram em três anos, destaca Vasco Cordeiro


Porto do Topo com condições para servir pescas e turismo em São Jorge, afirma Vasco Cordeiro


Mais profissionais e melhores infraestruturas garantem Serviço Regional de Saúde cada vez mais completo, afirma Presidente do Governo


Novo Matadouro de São Jorge é símbolo da abertura de novo ciclo para o setor da carne na Região, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Lara Martinho Lara Martinho
"OS DEBATES E AS REIVINDICAÇÕES AÇORIANAS II"
2020-01-25
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Responsabilidades"
2020-01-25
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Entrar a perder… com 63 autogolos!"
2020-01-25
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"“Não estou para ser, mas para fazer”"
2020-01-23
João Paulo Ávila João Paulo Ávila
"Calamidades e Infortúnios"
2020-01-20
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Acordos"
2020-01-19
Lara Martinho Lara Martinho
"OS DEBATES E AS REIVINDICAÇÕES AÇORIANAS"
2020-01-19
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Beijos…"

Francisco Coelho
2019-10-05

 

Também eles são sujeitos (e vítimas…) da História, variando o seu modo e uso com os tempos e os lugares.
Expressão de afeto ou do seu grau máximo amoroso, o beijo tem igualmente servido outros objetivos e mesmo como afirmação de identidade – nas cimeiras europeias, os líderes que se beijam na face são obrigatoriamente dos países do sul.
Variante simbólica a considerar é sempre a do beijo político, cuja atingiu a sua expressão mais pornográfica com o dito entre os líderes do chamado socialismo real… A foto do beijo na boca entre Brejnev e Honecker, líderes soviético e da ex-RDA, a selar uma cimeira de 1979, denegriu porventura mais a imagem do “comunismo real” do que os testemunhos de sobreviventes do Gulag! Que até inspirou uma conhecida marca a lançar uma polémica campanha publicitária (“unhate”), com novos e “montados” beijos entre líderes políticos e religiosos mundiais…
Mas a coisa só pode complicar-se quando o beijo político se mistura ou confunde com o chamado beijo da morte. Não nos referimos ao mito da morte que vem beijar um pobre mortal, consumando essa condição. Até porque o Zohar, livro de comentário à Torah, do Séc. II, esclarece que tal beijo é divino, pois “o beijo na boca significa a união de um espírito com outro”. Ao invés, reportamo-nos ao pretenso afeto, elogio ou lamentação virtuosa, que um adversário político lança “surpreendentemente” sobre outro, companheiro de hostes ou não.
Ninguém está livre de tal assédio, cujas manifestações por vezes ocorrem nas páginas dos nossos periódicos, deixando, em jogada de bilhar às três tabelas, incólume o adversário beijado, mas muito maltratado algum desventurado companheiro, cuja ausência fica exuberantemente notada, tal é a canelada que leva com o elogio amigo a outrem adorado…
Sigam o beijo… e cumpram o vosso dever!

 

Mais Artigos

Lara Martinho OS DEBATES E AS REIVINDICAÇÕES AÇORIANAS II



Francisco Coelho Responsabilidades



Hernâni Bettencourt Entrar a perder… com 63 autogolos!



Sónia Nicolau “Não estou para ser, mas para fazer”



João Paulo Ávila Calamidades e Infortúnios



Francisco Coelho Acordos



Lara Martinho OS DEBATES E AS REIVINDICAÇÕES AÇORIANAS



Sónia Nicolau Normalidade com o porto das Flores destruído?



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados