Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Obra de construção da proteção de emergência já arrancou no Porto das Lajes das Flores


Vasco Cordeiro dedica o dia a contactos no Corvo no âmbito da retoma da atividade económica da Região


Reunião com o Presidente da Câmara da Praia da Vitória permitiu analisar a retoma económica no concelho, afirma Vasco Cordeiro


“Interessa agora trabalhar para que a economia e o emprego ganhem novo impulso” em cada ilha, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Francisco Coelho Francisco Coelho
"Tele… Quê?"
2020-06-06
Lara Martinho Lara Martinho
"Estabilizar para recuperar"
2020-06-06
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Um discurso marcante para uma missão hercúlea "
2020-06-06
José Ávila José Ávila
"Quando falta palco"
2020-06-06
João Vasco Costa João Vasco Costa
"Do fastio"
2020-06-05
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Esclarecimento"
2020-06-05
Carlos Silva Carlos Silva
"Reerguer a Economia Açoriana"
2020-06-04
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Piedade Lalanda

Opinião

"Defender a Escola pública "

Piedade Lalanda
2011-05-09

 

Não são de hoje as fragilidades estruturais do nosso País em matéria de educação.
Mudar e melhorar o sistema educativo tem sido um processo difícil, marcado por fortes resistências. As famílias reagiram mal, perante a reorganização do sistema escolar, quando se fecharam ou unificaram escolas. Os professores tiveram dificuldade em colaborar na diversificação da oferta educativa, que revalorizou o ensino profissional ou criou alternativas de formação, para não falar do difícil processo que tem sido a avaliação, com vista à melhoria do desempenho, dos professores e dos alunos.
A escola pública é um pilar do nosso sistema de ensino. O Estado tem a obrigação de garantir o acesso de todos à qualificação académica e profissional, sem por em causa a exigência de rigor, profissionalismo e qualidade no ensino proporcionado.
Nesse sentido, é fundamental ter uma oferta formativa, onde cada cidadão possa adquirir as ferramentas necessárias para poder investir, trabalhar, criar e contribuir para o seu próprio desenvolvimento e da sociedade a que pertence.
O que pretende o PSD com o “cheque-ensino” e a privatização da gestão escolar? Fomentar a desigualdade de acesso à escola e introduzir uma gestão empresarial nas escolas. O desígnio da escola pública é ser democrática, exigente e responsável pela qualificação dos cidadãos.
Com o “cheque-ensino”, afirma o PSD, os cidadãos poderiam escolher a escola que desejassem para os seus filhos. E o que se entende, neste caso, por escolha? Qualquer escola privada, ao contrário da escola pública, pode aplicar critérios de selecção e recusar a inscrição de um aluno, por uma questão académica, nível sócio-económico dos pais ou alegar não ter vaga.
Defender o estado social, mesmo que tenhamos menos recursos para o concretizar, é acreditar na importância do ensino público, desde o pré-escolar ao superior, como principal forma de assegurar o desenvolvimento integrado do nosso país.
Ninguém nega o direito ao ensino privado, mas esta é uma oferta educativa que deve pautar a sua diferença apenas pelas condições que oferece às famílias. Porque, em termos de rigor, profissionalismo, exigência e qualidade do ensino/aprendizagem, a escola pública tem de dar, sempre, o exemplo, investindo na excelência e promovendo a inovação.
Referia um responsável do PSD Açores, após visitar o Campeonato das Profissões, em Ponta Delgada, que esta excelência, no caso da formação profissional, não é reconhecida pelos empregadores. Então, que se mude o modo como funcionam essas empresas que não reconhecem nem valorizam o contributo destes jovens qualificados.
O que não se pode por em causa é a capacidade técnica e de inovação que os jovens açorianos têm demonstrado em várias áreas do ensino profissional, ganhando prémios nacionais e até internacionais, competindo com outros, oriundos de países ditos mais desenvolvidos.
Temos de acreditar no nosso próprio potencial, ser ambiciosos, se queremos reduzir o défice estrutural em matéria de educação e formação, como aliás tem vindo a acontecer, mesmo que lentamente.
Não precisamos que outros nos digam que a educação é importante.
Todos sabemos que sem ambição, dificilmente iremos crescer ou vencer.

 

Mais Artigos

Francisco Coelho Tele… Quê?



Lara Martinho Estabilizar para recuperar



Hernâni Bettencourt Um discurso marcante para uma missão hercúlea



José Ávila Quando falta palco



João Vasco Costa Do fastio



Francisco Coelho Esclarecimento



Carlos Silva Reerguer a Economia Açoriana



José Contente Da Autonomia



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados