Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro destaca importância do transporte marítimo para o fomento da coesão regional


Açores atingem recorde de pessoas com emprego


Vasco Cordeiro recebeu Presidente do novo Conselho Económico e Social


Açores promovem inovação na Economia do Mar


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Massa à la Cristas"
2019-08-10
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Ser do contra votando a favor de quase tudo!"
2019-08-03
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"1 - A supervisão parental nunca tira férias"
2019-08-03
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Os tabuleiros de Bolieiro"
2019-07-29
Lara Martinho Lara Martinho
"Fazer mais e melhor"
2019-07-29
José Contente José Contente
"(Re)temperar"
2019-07-24
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Nas últimas décadas, destruímos a vida social dos espaços urbanos e rurais"
2019-07-24
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Francisco Coelho

Opinião

"Verdade de papel"

Francisco Coelho
2019-06-22

 

“O Açoriano Oriental” promoveu mais uma conferência, desta vez na Praia da Vitória e em parceria com o respetivo Município. O convidado foi Pacheco Pereira, que abordou a relação entre História e memória.
Antigo político, investigador com obra publicada, comentador e promotor da associação Ephemera, que tenta salvar tudo o que é papel, Pacheco Pereira começou por nos lembrar Orwell e a sua distopia “1984”, em que a omnipresença do Big Brother (o original…) manipulava permanentemente a vida dos cidadãos, também através duma progressiva simplificação da linguagem, destituindo os cidadãos da palavra/poder, o que se afigurou verdadeiramente profético…
Os perigos da manipulação da verdade e da história, para além dos erros e limitações dos seus próprios mecanismos naturais e individuais, encontram aliados nas diversas instâncias de poder, por maioria de razão nas menos democráticas, e na instantaneidade que a revolução digital comporta, quer ao nível da sedução em massa, quer dos controlos que possibilita, aniquilando o “luxo” da privacidade pessoal.
E a euforia, ilusoriamente democrática dum poder direto, desvaloriza e quase dispensa todas as instâncias de intermediação, aos níveis político, sindical, académico e mediático. Assim, vai-se aniquilando o peso qualitativo das diversas autoridades, da racionalidade científica e das deontologias, sem tolerância para um tempo que seja mais do que instantâneo.
Razão acrescida para o declínio do papel, que exige outro tempo, outra complexidade de linguagem e que tem, ironicamente, mais autonomia e mais longevidade…
Para além das ilusões, é menos poder, menos liberdade e menos privacidade que esse mundo novo corre o risco de nos trazer, se não soubermos defendermo-nos e redirecionar as suas imensas potencialidades!

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt Massa à la Cristas



Hernâni Bettencourt Ser do contra votando a favor de quase tudo!



Sónia Nicolau 1 - A supervisão parental nunca tira férias



Hernâni Bettencourt Os tabuleiros de Bolieiro



Lara Martinho Fazer mais e melhor



José Contente (Re)temperar



Sónia Nicolau Nas últimas décadas, destruímos a vida social dos espaços urbanos e rurais



Hernâni Bettencourt Unanimidade e aclamação!



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados