Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro felicita Bombeiros Açorianos que conquistaram o pódio no Campeonato Nacional de Trauma e Desencarceramento


Vasco Cordeiro apela ao voto no Partido Socialista para garantir uma Voz Açoriana no Parlamento Europeu


Vasco Cordeiro anuncia novo Programa DOC-PROF para facilitar a jovens doutorados a entrada no mercado de trabalho


"Promoção do destino Faial deve assentar em estratégia concertada entre entidades públicas e empresários locais", defende PS/Faial


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"“A voz dos Açores na Europa”"
2019-05-18
Lara Martinho Lara Martinho
"JUSTIÇA NOS AÇORES"
2019-05-18
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Abstenção"
2019-05-18
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Querem brincar às comissões de inquérito?"
2019-05-16
Luís Botelho Luís Botelho
"As Europeias, a Europa, a importância dos Açores para o PS"
2019-05-17
Fátima Ferreira Fátima Ferreira
"O 1 DE MAIO E A TRADIÇÃO DA TOURADA À CORDA"
2019-05-16
André Bradford André Bradford
"Representar todas as ilhas"
2019-05-16
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Fátima Ferreira

Opinião

"O 1 DE MAIO E A TRADIÇÃO DA TOURADA À CORDA"

Fátima Ferreira
2019-05-16

 

É a 1 de maio que se iniciam as Touradas à Corda na Ilha Terceira. E os terceirenses, que durante todo o ano trabalharam para que esse dia acontecesse, com os toiros contratados, os transportes apalavrados e tudo organizado para se dirigirem ao "mato", já têm o farnel pronto. As licenças estão em casa há dias, as comidas e bebidas organizadas para que nada falte e seja um dia para não esquecer. As pessoas amigas já pediram lugar, a casa está num "brinco", toda arrematada e pronta, para que qualquer pessoa amiga ou conhecida possa estar connosco e trazer algum amigo, que se sentirá também bem acolhido.
A porta e a varanda estão protegidas e, pela manhã, acordamos cedo para terminar os afazeres que só podem ser confecionados no dia. E lá vamos nós rumo ao "mato". Com o a alma cheia de expetativa e as recordações e emoções à flor da pele.
Somos terceirenses apaixonados pela Festa Brava, deslumbrados pelo amor ao nosso Rei da Festa: o Toiro Bravo.
Não é por acaso que quando os nossos emigrantes chegam à Ilha, incluem no seu percurso a passagem pelo "mato", para encherem a mente de verde e admirarem os toiros, que pastam calma e serenamente, masque trazem à lembrança apaixonantes vivências de criança ou de adulto.
Somos uma terra de gente apaixonada pelo encanto do gado bravo, pela sua imponência, pela sua robustez e grandeza, e que transmite amor à Festa Brava.
Os terceirenses são assim, valorizam a simplicidade da beleza de um animal, que é diferente, que encanta e faz sonhar e que dá liberdade às experiências ligadas à festa, ao sentir de um povo, que apesar de ver o seu dia a dia confinado à pequenez de uma ilha, vive rodeado da imensidão de um querer sem limites.
Ao surgir numa praça ou nos caminhos, umarês bravaprovoca admiração e transmite beleza e imponência, e a rusticidade do nosso "mato"cativa e desperta o melhor que em nós existe. Todavia, a realidade daquele verde de esperança é bem diferente, sendo pobre em nutrientes e não alimentando condignamente os nossos animais. Assim, há que recorrer a suplementos para se ter um animal bem alimentado, não esquecendo os cuidados sanitários que fazem parte integrante da sua boa qualidade de vida. E graças à evolução científica e tecnológica atual é possível criar animais mais poderosos, fortes, robustos e capazes de transmitir faenas dignas de se perpetuarem no nosso armazém de recordações.
Com a sua beleza e colorido, a Tourada à Corda éuma experiência única no mundo de hoje. Merece o nosso respeito, porque é o resultado de muitos intervenientes, de muitas forças que, em consonância, originam um espetáculo grandioso e cheio de encanto. Essas forças, bem como a tourada à corda, produto do seu esforço e trabalho, merecem, por isso, o apreço de todos, em conformidade com os valores de uma cidadania íntegra.


Deputada PS, ALRAA

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt “A voz dos Açores na Europa”



Lara Martinho JUSTIÇA NOS AÇORES



Francisco Coelho Abstenção



Sónia Nicolau Querem brincar às comissões de inquérito?



Luís Botelho As Europeias, a Europa, a importância dos Açores para o PS



Fátima Ferreira O 1 DE MAIO E A TRADIÇÃO DA TOURADA À CORDA



André Bradford Representar todas as ilhas



José Contente Tecno LOGIAS



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados