Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro felicita Bombeiros Açorianos que conquistaram o pódio no Campeonato Nacional de Trauma e Desencarceramento


Vasco Cordeiro apela ao voto no Partido Socialista para garantir uma Voz Açoriana no Parlamento Europeu


Vasco Cordeiro anuncia novo Programa DOC-PROF para facilitar a jovens doutorados a entrada no mercado de trabalho


"Promoção do destino Faial deve assentar em estratégia concertada entre entidades públicas e empresários locais", defende PS/Faial


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"“A voz dos Açores na Europa”"
2019-05-18
Lara Martinho Lara Martinho
"JUSTIÇA NOS AÇORES"
2019-05-18
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Abstenção"
2019-05-18
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Querem brincar às comissões de inquérito?"
2019-05-16
Luís Botelho Luís Botelho
"As Europeias, a Europa, a importância dos Açores para o PS"
2019-05-17
Fátima Ferreira Fátima Ferreira
"O 1 DE MAIO E A TRADIÇÃO DA TOURADA À CORDA"
2019-05-16
André Bradford André Bradford
"Representar todas as ilhas"
2019-05-16
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
André Bradford

Opinião

"Representar todas as ilhas"

André Bradford
2019-05-16

 

A Divisa (não o slogan) da União Europeia, "Unida na Diversidade", parte da ideia de que as especificidades devem ser respeitadas, e de que que o todo sai valorizado se houver união entre as partes.
Quer isto dizer que o Velho Continente, com todas as suas particularidades, com tudo o que caracteriza os diferentes países, encontra um desígnio comum no Projeto Europeu.
Considero que, à nossa escala, partilhamos inteiramente desta ideia. Na minha perspetiva, que penso que irá ao encontro da sua, caro leitor, todas as ilhas têm a sua especificidade, mas devem unir-se numa identidade que nos é comum: Somos Açorianos.
Se não há dúvidas de que somos Açorianos do Corvo a Santa Maria, também não deve haver de que também somos, do Corvo a Santa Maria, Europeus. E, sobretudo, que é essa pertença partilhada que nos torna mais fortes, mais capazes e mais determinados.
Foi, por isso, com agrado e com a perfeita noção das particularidades de cada uma das nossas ilhas que, nestes últimos três meses, percorri o nosso arquipélago.
No conforto de uma moderna embarcação, recordei a coragem dos nossos mais antigos, ao enfrentar a agrura do mar do canal entre o Corvo e as Flores. Partilhei a felicidade da empresária que, na Graciosa, conseguiu, com muita resiliência, manter viva uma queijaria artesanal.
No Pico, celebrei o sucesso da recuperação da tradição da produção dos vinhos. Em São Jorge testemunhei a qualidade crescente de uma oferta turística sustentável e de comunhão com a Natureza.
Surpreendi-me no Faial com a mais-valia do negócio da apanha e venda de algas para a indústria de cosmética de Nova Iorque. Na Terceira comunguei da experiência bem-sucedida da produção de leite biológico.
Em S. Miguel estive numa madrugada fria, a testemunhar a determinação dos nossos pescadores e a valorização do nosso pescado em lota. Em Santa Maria reforcei a minha convicção no sucesso futuro da aposta no cluster espacial, que vai devolver à ilha o posicionamento de vanguarda que teve na nossa história recente.
É esta a Região que me cumpre representar, na medida das minhas forças e capacidades. Conto nesta campanha com a preciosa ajuda de um mandatário por cada uma das nossas ilhas. De cada uma, um jovem Açoriano, com sonhos, com aspirações, com uma visão ambiciosa de querer o melhor para a sua comunidade, mas também o melhor para o todo Regional e para o Projeto Europeu. O meu profundo agradecimento ao Rui Pimentel do Corvo, à Sara Conceição do Faial, ao Joel Silva do Pico, à Bernardete Pacheco das Flores, à Mariana Quadros da Graciosa, ao Ricardo Braga de Santa Maria, à Sara Teixeira de São Jorge, à Rita Franco de São Miguel e ao Carlos Mateus da Terceira.
Não tenho dúvidas de que estas nove formas diferentes de sermos Açorianos, quando unidas, se tornam maiores e mais capazes de nos afirmar no contexto Europeu. Deposito, por isso, a confiança do cimentar dessa União nos nossos Jovens, em todos, porque são eles o garante da renovação de empenho, de estímulo, de dinamismo, que precisamos para manter vivo o sonho de nos realizarmos enquanto Povo.
Juntos, temos ambição para a construção do nosso futuro, para a definição da comunidade que queremos ser e para trabalhar em prol de uma integração Europeia plena e compensadora. Juntos, vamos dar Voz aos Açores na Europa.
Afinal de contas, tal como a Europa, estamos Unidos na Diversidade.

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt “A voz dos Açores na Europa”



Lara Martinho JUSTIÇA NOS AÇORES



Francisco Coelho Abstenção



Sónia Nicolau Querem brincar às comissões de inquérito?



Luís Botelho As Europeias, a Europa, a importância dos Açores para o PS



Fátima Ferreira O 1 DE MAIO E A TRADIÇÃO DA TOURADA À CORDA



André Bradford Representar todas as ilhas



José Contente Tecno LOGIAS



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados