Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Obra de construção da proteção de emergência já arrancou no Porto das Lajes das Flores


Vasco Cordeiro dedica o dia a contactos no Corvo no âmbito da retoma da atividade económica da Região


Reunião com o Presidente da Câmara da Praia da Vitória permitiu analisar a retoma económica no concelho, afirma Vasco Cordeiro


“Interessa agora trabalhar para que a economia e o emprego ganhem novo impulso” em cada ilha, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Francisco Coelho Francisco Coelho
"Tele… Quê?"
2020-06-06
Lara Martinho Lara Martinho
"Estabilizar para recuperar"
2020-06-06
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Um discurso marcante para uma missão hercúlea "
2020-06-06
José Ávila José Ávila
"Quando falta palco"
2020-06-06
João Vasco Costa João Vasco Costa
"Do fastio"
2020-06-05
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Esclarecimento"
2020-06-05
Carlos Silva Carlos Silva
"Reerguer a Economia Açoriana"
2020-06-04
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
José San-Bento

Opinião

"A Campanha de Mota Amaral"

José San-Bento
2011-05-06

 

Quase um mês após a confirmação da sua recandidatura à Assembleia da República pelo círculo eleitoral dos Açores, o Dr. Mota Amaral, finalmente, entrou de forma notada na campanha eleitoral.
O ilustre cabeça de lista do PSD-Açores às eleições de 5 de Junho estreou-se com o pé esquerdo na contenda. Escolheu um estilo que manifestamente não é o seu e um registo errado que penhora o seu indiscutível prestígio.
O Dr. Mota Amaral promoveu uma conferência de imprensa para basicamente dizer duas coisas.
Em primeiro lugar fazer um balanço do seu trabalho na actual legislatura, o que apenas enfatiza a abordagem retrospectiva que tem marcado excessivamente o PSD. Que compromissos assume o candidato do PSD-Açores na defesa da Lei de Finanças Regionais? O que pensa o Dr. Mota Amaral sobre a reforma do Estado Social que o seu partido defende? Continuamos sem saber..
Em segundo lugar, o Dr. Mota Amaral utilizou uma frase estudada para defender a tese que Cavaco devia ter demitido Sócrates e nomeado um Governo provisório de iniciativa presidencial. Esta ideia permite duas leituras muito comprometedoras para o PSD. Expõe uma fragilidade eleitoral, pois evidência que Cavaco não está à altura do momento que o País atravessa. O que torna óbvio não haver razões para votar no PSD no pressuposto de formar um bloco político estável ancorado em Belém. É preferível apostar num partido que suporte um governo sem o condicionalismo de ter apoiado um Presidente que falhou em todos os momentos decisivos dos últimos três meses. A tese do Dr. Mota Amaral salienta ainda um erro político comum a toda a direita portuguesa, pois diaboliza Sócrates ao ponto de insinuar que se ultrapassa a crise com a mera remoção do actual PM - uma ideia falsa e excessivamente simplista.
O Dr. Mota Amaral perdeu uma oportunidade para causar uma primeira boa impressão sobre a sua campanha eleitoral. É pena mas não deixa de ser revelador.


 

Mais Artigos

Francisco Coelho Tele… Quê?



Lara Martinho Estabilizar para recuperar



Hernâni Bettencourt Um discurso marcante para uma missão hercúlea



José Ávila Quando falta palco



João Vasco Costa Do fastio



Francisco Coelho Esclarecimento



Carlos Silva Reerguer a Economia Açoriana



José Contente Da Autonomia



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados