Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Reforma da Autonomia, Conselho de Concertação e Lei do Mar inscritos no Programa nacional do PS


COMUNICADO


Presidente do Governo destaca “grande sucesso” de operação de financiamento da Região


Seis mil famílias açorianas beneficiaram de apoios à habitação que representam contrato com responsabilidades para ambas as partes, afirma Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Unanimidade e aclamação!"
2019-07-20
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Não vivemos numa Região rosa, mas vivemos muito longe do caos"
2019-07-17
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"226 minutos a debater o passado com outubro em mira"
2019-07-15
Lara Martinho Lara Martinho
"A legislatura da confiança"
2019-07-15
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Se precisar, tem a oportunidade de solicitar"
2019-07-12
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Moniz no fato de Bolieiro e o PSD sem alfaiate "
2019-07-06
José Contente José Contente
"Antero sem “is”"
2019-07-10
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Sónia Nicolau

Opinião

"Uma moção: a quem incomoda? a quem conforta?"

Sónia Nicolau
2018-09-14

 

A moção de Orientação Global que este fim de semana será apresentada, discutida e votada pelos militantes no Congresso do PS/Açores, é uma moção que incomoda os opositores mas, e para o que verdadeiramente importa, conforta os Açorianos.
Incómoda perante aqueles que esperariam um PS/Açores vazio com 22 anos de governação. Incómoda porque estamos na presença de uma Moção com conteúdo e autocrítica.
Conforta porque em toda a moção, a mensagem transversal é a de: melhorar o que necessita de ser melhorado e alterar o que não está bem.
Conforta porque - sem rodeios - são apresentadas nos três pilares propostas para os problemas concretos dos Açorianos e para a (inacabada) afirmação da nossa Autonomia - uma Autonomia de um conjunto, não de uma parte.
Retomo então o artigo da semana passada e passo ao segundo pilar da moção: Reforçar a Coesão!
Foi com o PS que se ergueu a bandeira da Coesão. Criou-se o conceito de “ilhas da Coesão”, com benefícios de diferentes naturezas. Para uma verdadeira coesão, persiste um desafio que atravessa as diferentes ilhas e as diferentes gerações: Desafio Democrático, não obstante ser um fenómeno das sociedades evoluídas, o PS afirma-se com inovação para mitigar este fenómeno, onde a mobilidade de pessoas e mercadorias são peças fundamentais para reforçar a coesão e dar segurança a quem escolheu os Açores para viver. Exigem-se novas formas de combater o desemprego jovem e inovação na relação do emprego público e criação de emprego, muito em particular nas ilhas da Coesão - Corvo, Flores, Graciosa, S. Jorge e Santa Maria.
O terceiro pilar da moção - Qualificar a Democracia - é o sinal do inconformismo do PS/Açores para dar conforto aos Açorianos.
É vital que em política, como em quase tudo na vida, estejamos todos em permanente alerta e disponíveis para permanentemente sermos avaliados. Não em cada ato eleitoral, mas sim todos os dias, a qualquer hora do dia.“… confundir Democracia com resultados eleitorais” e “ … mudar políticas, soluções ou protagonistas, sempre que isso se afigurar ser o melhor para os Açores” são mensagens bem presentes no Servir os Açorianos, na aragem para uma Democracia Participativa e uma Administração Aberta, onde a cultura do serviço público é uma missão e uma exigência para solucionar os problemas dos cidadãos.
Prestar Contas, avaliar o serviço público e garantir que o cidadão acompanhe o percurso do seu processo na administração pública, qualificam a Democracia onde se impõe uma boa governação.
Mais participação e responsabilização dos militantes na vida do PS, inovação na relação do PS com a sociedade, também qualificam a Democracia onde se impõe (ainda) mais abertura dos seus dirigentes.
“Servir os Açorianos”, é uma moção que incomoda aqueles que esperavam uma postura de arrogância e comodismo, como é a triste memória de há 22 anos dos donos de isto tudo, contrapondo com a certeza de quem desde 1996 lançou mãos a todos os instrumentos para confortar os Açorianos com propostas progressistas, reformistas, humanistas e autonomistas.
E assim o PS irá continuar!

 

Mais Artigos

Hernâni Bettencourt Unanimidade e aclamação!



Sónia Nicolau Não vivemos numa Região rosa, mas vivemos muito longe do caos



Hernâni Bettencourt 226 minutos a debater o passado com outubro em mira



Lara Martinho A legislatura da confiança



Sónia Nicolau Se precisar, tem a oportunidade de solicitar



Hernâni Bettencourt Moniz no fato de Bolieiro e o PSD sem alfaiate



José Contente Antero sem “is”



Lara Martinho Chãos de Melhoras



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados