Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro defende postura de “inconformismo e exigência” para fortalecer cada vez mais a Agricultura açoriana


Vasco Cordeiro recebeu Presidentes dos Parlamentos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde


Vasco Cordeiro defende aperfeiçoamentos para aproveitar todo o potencial do modelo de acessibilidades aéreas


André Bradford convida Câmara do Comércio e sindicatos a desenvolver parceria contra a precariedade laboral


Artigos de Opinião

Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"Mais e melhor"
2018-06-18
Ricardo Serrão Santos Ricardo Serrão Santos
"Mar dos Açores em destaque no Parlamento Europeu"
2018-06-18
Lara Martinho Lara Martinho
"SIMPLEX +"
2018-06-12
Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"De Lá para Cá. Tele usos"
2018-06-12
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Anunciar mudanças e executá-las"
2018-06-07
José Contente José Contente
"(RE)VISÃO 6…"
2018-06-07
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"As gorjetas não pagam renda"
2018-06-04
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Sónia Nicolau

Opinião

"Anunciar mudanças e executá-las"

Sónia Nicolau
2018-06-07

 

O paradigma da produção de energia a partir de fontes renováveis nos Açores está a mudar. Estima-se que nos Açores passe dos 37%(ano de 2017) para 53%(ano de 2025), acrescendo à valorização energética de resíduos esta poderá atingir os 61%. É sempre bom relembrar aos “velhos do Restelo” - da sua real origem do “velho d'aspeito venerando” do canto IV dos Lusíadas - que em 1993 registava-se nos 9%.
Nas diferentes ilhas o cenário é diferente. Em São Miguel dos atuais 51% de produção de energia renovável estima-se que atingiremos 67% em 2025; nas Flores, a contribuição das energias renováveis é de 50%, sendo expectável que com os investimentos em curso passará para os 87%. A ilha das Flores distancia-se das outras ilhas pela transição para um modelo sustentável pelos seus recursos naturais na produção de energia a partir de fontes renováveis.
Há clara evidência de uma estratégia de valorização energética nos Açores por via das energias renováveis versus a redução de dependência dos combustíveis fósseis. Esta é uma mudança de paradigma que, também, posiciona os Açores como destino sustentável pela gestão dos seus recursos.
Aliado a este paradigma suportado em avultados investimentos há espaço para a política social através da introdução da tarifa social que abrange mais de 11.000 Açorianos, onde o valor ponderado do desconto é de cerca de 33% menos do tarifário normal.
O investimento público e privado garante uma mudança de paradigma nos Açores. A visão social é incluída nesta mudança de paradigma, porque não há uma só maneira de conceber o Estado Social. A confiança dos cidadãos mantém-se sempre que há o cumprir da palavra. A mudança do paradigma da produção de energia a partir de fontes renováveis aliado ao princípio de apoiar quem mais necessita têm sido compromissos anunciados e executados.

 

Mais Artigos

Dionísio Faria e Maia Mais e melhor



Ricardo Serrão Santos Mar dos Açores em destaque no Parlamento Europeu



Lara Martinho SIMPLEX +



Dionísio Faria e Maia De Lá para Cá. Tele usos



Sónia Nicolau Anunciar mudanças e executá-las



José Contente (RE)VISÃO 6…



Sónia Nicolau As gorjetas não pagam renda



José Contente (Part)Ilha



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados