Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Presidente do Governo recebeu o Comandante Operacional dos Açores


Presidente do Governo anuncia conclusão da certificação para a qualidade alimentar dos matadouros dos Açores


Vasco Cordeiro assinala Dia da Floresta com visita a atividades de sensibilização ambiental


Câmara da Ribeira Grande não devolve impostos à população do concelho


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Paroquiais"
2019-03-20
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Primeiro a chico-espertice, depois a desconsideração"
2019-03-20
Mónica Rocha Mónica Rocha
"CERTIFICAÇÃO E FLUXOS TURÍSTICOS"
2019-03-20
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Um futebólogo no meio de politólogos"
2019-03-18
André Bradford André Bradford
"Dar Força aos Açores na Europa"
2019-03-18
Lara Martinho Lara Martinho
"ANGOLA, UMA TERRA DE OPORTUNIDADES"
2019-03-17
Fátima Ferreira Fátima Ferreira
"CARNAVAL DE EMOÇÕES"
2019-03-17
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
Ricardo Serrão Santos

Opinião

"O Air Center e o Oceano Digital"

Ricardo Serrão Santos
2018-03-10

 

Participei, em Ponta Delgada, na conferência de apresentação do “Leme - barómetro da economia do mar”, uma iniciativa da PwC, que este ano teve como tema a “Revolução Digital e a Economia do Mar”. É certo que a Economia do Mar não ficou alheia a esta “nova” realidade, porém carece ainda de desenvolvimentos. Uma das características deste tempo é o acesso em tempo real à informação. Contudo, o acesso instantâneo aos dados é apenas realmente verdadeiro para menos de um quarto do nosso planeta, para os três quartos restantes, o oceano, há lacunas em termos de infraestruturas de informação. O acesso aos dados é não só mais limitado como estes não são verdadeiramente disponibilizados em tempo real.
A Revolução Digital está mais atrasada nos nossos oceanos. Para que o “Oceano Digital” se torne uma realidade, temos obstáculos a ultrapassar. Os progressos são mais lentos neste ambiente. O oceano é visto como imprevisível e difícil. Para além das ondas extremas, do vento, da corrente, das mudanças de temperatura e dos furacões do oceano, a corrosão em água salgada é um desafio único que deve ser superado.
A boa notícia é que não estamos a começar do zero. As tecnologias comercialmente disponíveis funcionam hoje, mas é necessário um maior desenvolvimento. As ilhas dos Açores, localizadas no meio do Atlântico Norte, oferecem um local único para acomodar uma base de observação e conhecimento científico dos grandes processos oceânicos e uma plataforma de teste para equipamentos. As nossas ilhas são como faróis embutidos no meio da água salgada, olhando sobre a atmosfera e os oceanos ao redor. Em várias ilhas existem já estruturas e conhecimentos relacionados com a observação do oceano. Este cruzamento, no centro do Oceano Atlântico, com fácil acesso ao oceano aberto e ao mar profundo, constituiu uma localização ideal para estabelecer um centro cooperativo de pesquisa e tecnologia digital. O Centro Internacional de Pesquisa dos Açores - AIR, pode ser uma das ferramentas cooperativas fundamentais para monitorar os oceanos, compreender a complexidade das relações entre o ar, o oceano e a terra, a complexidade das relações entre espécies e serviços prestados pelos sistemas bióticos e abióticos. Este Centro, converge claramente com o Plano de Ação do Atlântico, promovido tanto pela Comissão Europeia como pelo Parlamento Europeu, com a Declaração de Galway para a cooperação científica no Atlântico Norte e com a Declaração de Belém para a cooperação científica no Atlântico Sul. O Plano de Ação reconhece que a pesquisa atlântica será, em muitas áreas, mais eficaz se for coordenada em bases transatlânticas. Os Açores, como plataforma de teste de equipamentos robóticos e de sensores acoplados a grandes organismos pelágicos, podem continuaram a atrair consórcios e financiamentos científicos no âmbito do 9.º Programa Quadro de investigação e inovação, à semelhança do que foi conseguindo em anteriores programas quadro. Saiba manter-se o capital humano e a aposta nos consórcios de cooperação científica nacionais, europeus e internacionais.

 

Mais Artigos

José Contente Paroquiais



Sónia Nicolau Primeiro a chico-espertice, depois a desconsideração



Mónica Rocha CERTIFICAÇÃO E FLUXOS TURÍSTICOS



Hernâni Bettencourt Um futebólogo no meio de politólogos



André Bradford Dar Força aos Açores na Europa



Lara Martinho ANGOLA, UMA TERRA DE OPORTUNIDADES



Fátima Ferreira CARNAVAL DE EMOÇÕES



Francisco Coelho Ribeira/Rio



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados