www.psacores.org


Governo dos Açores promove criação da Rede Local de Intervenção do concelho da Horta

A Secretária Regional da Saúde salientou hoje, na assinatura das cartas de compromisso para a criação da Rede Local de Intervenção do concelho da Horta, a importância da intervenção precoce e em contexto escolar na prevenção de comportamentos aditivos, em complementaridade com as ações dos parceiros locais.


Teresa Machado Luciano afirmou que a escola é o “meio de intervenção por excelência” para a promoção de estilos de vida saudáveis e a prevenção de comportamentos de risco, destacando os resultados atingidos pelos profissionais da Saúde Escolar da ilha do Faial.


A titular da pasta da Saúde referiu que o projeto ‘Domicílios e Carros 100% Livres de Fumo’ envolveu, no ano letivo de 2019/2020, os 127 alunos do 4.º ano das escolas da ilha do Faial, a fim de promover o abandono do consumo de tabaco no interior das casas e dos carros, proteger as crianças da exposição ao fumo do tabaco e prevenir o consumo por crianças e adolescentes.


Ainda na área da prevenção do tabagismo, referiu que a Unidade de Saúde da Ilha do Faial e o Hospital da Horta realizaram 93 consultas de cessação tabágica em 2019, tendo ainda sido tratados neste hospital 108 utentes com comportamentos aditivos e dependências oriundos das ilhas do Faial e do Pico, que acederam a 380 consultas de psiquiatria e 568 consultas de psicologia.


No âmbito do Dia da Defesa Nacional 2019, afirmou a Secretária Regional, foram convocados 188 jovens de 18 e 19 anos do Faial para sessões de esclarecimento e sensibilização no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências.


Por outro lado, no ano letivo de 2018/2019, foi garantida a cobertura vacinal de todas as crianças do Faial nascidas entre 2005 e 2012.


A Secretária Regional da Saúde apelou ainda às entidades aderentes à Rede Local de Intervenção da Horta para que privilegiem, no respetivo Plano de Ação Local, o desenvolvimento das competências individuais dos jovens que inibem os comportamentos aditivos, como a assertividade na tomada de decisão e a resiliência, de acordo com as orientações do Plano de Ação Regional.


Aderiram à Rede Local de Intervenção da Horta a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Faial, Câmara Municipal da Horta, Casas do Povo da Praia do Norte e de Pedro Miguel, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Faial, Escola Secundária Manuel de Arriaga, Juntas de Freguesia de Feteira, Angústias, Capelo, Salão e Cedros e Unidade de Saúde da Ilha do Faial, entre outras associações culturais e desportivas.


A Região passa a contar com oito Redes Locais de Intervenção, cobrindo as ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial, devendo estender-se às restantes ilhas até ao final do ano.


GaCS/SRS

2020-07-30 22:23:22 PS AÇORES - WWW.PSACORES.ORG