www.psacores.org


Maioria Socialista na Assembleia Municipal de Ponta Delgada viabiliza PO para 2020

A maioria socialista na Assembleia Municipal de Ponta Delgada viabilizou o Plano e Orçamento da Autarquia para 2020, com o voto de abstenção.


“A viabilização dos documentos por parte dos deputados da maioria socialista surge após, em processo negocial, o presidente da autarquia ter recuado na proposta de não dar continuidade a um conjunto de projetos que tinha assumido realizar no ano de 2019, salvaguardando a sua realização para o próximo ano, com a definição quantitativa de verbas propostas pelos vereadores socialistas”, referiu o líder do grupo municipal do PS, que acrescentou ainda o facto da autarquia ter aceite “alocar um conjunto de verbas para a realização de mais projetos para cidade e para as freguesias do concelho de Ponta Delgada, tudo num valor de 1 milhão 275 mil euros”.


De acordo com André Viveiros, esta viabilização dos documentos aconteceu ainda pela contemplação nos documentos previsionais plurianuais do compromisso para 2021 de um conjunto de investimentos no valor de 2 milhões e 200 mil euros.


Ainda no decorrer da sessão, os deputados do Partido Socialista na Assembleia Municipal chamaram a atenção da edilidade para a necessidade de se aumentar a verba destinada ao Orçamento Participativo para 2020, “permitindo assim mais investimento e contemplando a realização de mais projetos no concelho”.


Os deputados socialistas alertaram ainda para um conjunto de rubricas orçamentais que previam verbas cuja totalidade das ações não eram devida e transparentemente descritas, bem como o facto de o orçamento para o ano económico de 2020 prever um aumento das despesas correntes e de funcionamento no valor de 1, 5 milhões de euros.


Foi ainda sinalizado por parte dos deputados municipais socialistas um conjunto de situações que carecem de resolução, e que estão a provocar congestionamentos e embaraço na circulação do trânsito na cidade de Ponta Delgada, nomeadamente os casos dos cruzamentos da Avenida Antero de Quental e a circulação na estrada de Circunvalação do Pico de Funcho, particularmente no troço que liga a Rotunda de São Gonçalo à rotunda da Associação de Futebol. 


“Os deputados socialistas tiveram sempre presente que a viabilização dos documentos municipais para 2020 eram da maioria executiva que governa a Câmara Municipal de Ponta Delgada, da responsabilidade do PSD”, sublinhou André Viveiros, acrescentando ainda que quando o Partido Socialista governar a autarquia, os documentos a apresentar irão “recolocar  a cidade e o concelho em outro rumo de crescimento e desenvolvimento, o que agora não se verifica para prejuízo de todos os munícipes”, acrescentou.

2019-11-27 11:58:07 PS AÇORES - WWW.PSACORES.ORG