Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Novo quartel garante “perspetiva de futuro” ao trabalho dos Bombeiros do Faial, afirma Vasco Cordeiro


Governo dos Açores prepara alterações ao Regime Jurídico da Proteção Civil


Reconstrução do Lorenzo em plena “velocidade de cruzeiro” por toda a Região, afirma Vasco Cordeiro


Serviço Regional de Saúde com reforço de 95 milhões de euros, anuncia Vasco Cordeiro


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Traços nos tês"
2020-07-08
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"A revisão orçamental para responder às pessoas"
2020-07-08
José San-Bento José San-Bento
"Presidente de Menos"
2020-07-06
Francisco Coelho Francisco Coelho
"Confiar"
2020-07-04
Lara Martinho Lara Martinho
"Orçamento do Estado Suplementar"
2020-07-04
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Azores Parque: um inquérito que se impunha! "
2020-07-04
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Nossa rica Ponta Delgada"
2020-07-04
  Homepage Homepage Homepage Homepage

« NOTÍCIA ANTERIOR
Linha de esclarecimento COVID-19 com reforço de apoi...

PRÓXIMA NOTÍCIA »
Comunicado da Autoridade de Saúde Regional

Francisco César defende que os trabalhos parlamentares devem adaptar-se e decorrer com o máximo de respeito pela saúde de todos os Açorianos

PS Açores - Francisco César defende que os trabalhos parlamentares devem adaptar-se e decorrer com o máximo de respeito pela saúde de todos os Açorianos

O Presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores defendeu que a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores não deve parar: “No caso do Parlamento dos Açores, primeiro órgão da nossa Autonomia, não paramos, adaptamo-nos. Não deixamos, por um momento, de exercer as nossas funções, até as acentuamos:  fiscalizando a atividade do Governo, nas comissões setoriais, na comissão permanente e em contactos permanentes com o Governo dos Açores”.


Francisco César, que falava esta quarta-feira na Comissão Permanente que reuniu por videoconferência, considera que o Parlamento dos Açores deve continuar a funcionar, “ouvindo e respondendo às centenas de pedidos de informação que os Açorianos nos fazem chegar” e, principalmente nesta altura, acompanhando e estando “atentos ao trabalho que está, e que deve ser feito, no âmbito da contenção da doença ou da preparação dos serviços de saúde para a contingência da crise”.


Francisco César garante que o PS/Açores também não se esquece “dos investidores, das empresas de Restauração, de hotelaria, de comércio e dos trabalhadores (…)  que necessitam, após esta paragem abruta da função económica, de um apoio rápido, não burocrático e eficaz, do seu Governo e do Parlamento, para ajudar à sua sobrevivência”.


“Não nos esquecemos, dos que estão desempregados, dos mais idosos e dos mais desfavorecidos. Agora mais do que nunca não lhes podemos falhar. Não lhes vamos falhar, na atenção, nas medidas e na ação”, garantiu. O líder da bancada socialista considera que vivemos uma situação ímpar: “Vivemos, sem margem para dúvidas, os tempos mais difíceis que esta geração de Açorianas e Açorianos alguma vez enfrentou, porque esta crise incide, de uma forma esmagadora e perturbadora,  no bem mais precioso que qualquer ser humano tem: a sua saúde e a saúde dos que lhes são mais próximos”.


Para Francisco César a situação que vivemos, “antes de melhorar, irá certamente piorar” e os deputados devem, “não abdicando das nossas funções”, dar o exemplo: “Esqueçamos a política partidária, o proveito mediático, as eleições e as nossas divergências momentâneas e ideológicas, para nos unirmos com um único objetivo: Que possamos ultrapassar esta tormenta juntos, e sem dano, e que possamos prevalecer sem mácula enquanto povo”.

2020-03-25 11:29:30, por PS/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados