Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contactos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Vasco Cordeiro anuncia lançamento do concurso público para intervenção na estrada Furnas-Povoação


Vasco Cordeiro eleito por aclamação Primeiro Vice-Presidente do Comité das Regiões


PS/Açores garante simplificação e reforço dos apoios às filarmónicas


Classificação da Igreja do Carmo como imóvel de interesse público é importante contributo para a salvaguarda daquele património


Artigos de Opinião

Francisco Coelho Francisco Coelho
"Precários"
2020-02-15
Hernâni Bettencourt Hernâni Bettencourt
"Até sempre, Senhora Deputada Zuraida Soares!"
2020-02-15
Lara Martinho Lara Martinho
"VIAGEM DE ESTADO À ÍNDIA"
2020-02-15
José Miguel Toste José Miguel Toste
"Um congresso side-by-side"
2020-02-14
João Vasco Costa João Vasco Costa
"Congresso(s)"
2020-02-12
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Decisões e vitórias"
2020-02-12
José Contente José Contente
"In memoriam"
2020-02-12
  Homepage Homepage Homepage Homepage

« NOTÍCIA ANTERIOR
Governo dos Açores integra trabalhadores ocupacionai...

PRÓXIMA NOTÍCIA »
Alterações aprovadas beneficiam todos aqueles que ex...

TSD revelam desconhecimento sobre mercado de trabalho nos Açores

PS Açores - TSD revelam desconhecimento sobre mercado de trabalho nos Açores

“Os Trabalhadores social-democratas dos Açores revelam, mais uma vez, um profundo desconhecimento do mercado de trabalho na Região e, mais grave, revelam ter preconceitos muito perigosos em relação a alguns Açorianos”, afirmou Graça Silva, esta quarta-feira, em sequência das mais recentes declarações dos TSD sobre precariedade laboral.


“Em vez de apoiarem medidas que ajudam a resolver a situação dos Açorianos, como a recente proposta do PS/Açores faz relativamente aos trabalhadores em situação precária, os TSD preferem acusar falsamente o Governo Regional, escondendo informações como, por exemplo, o facto de apenas 25% das pessoas que frequentam programas ocupacionais estarem na administração pública regional”.


“Escondem igualmente que só 1,7% dos funcionários públicos é que estava ainda com contrato a termo certo ou em prestação de serviço há mais de dois anos”, referiu a deputada do PS/Açores.


Graça Silva adiantou, também, que os dados positivos são propositadamente omitidos pelos social-democratas: “Mais de 70% das pessoas que terminaram os programas ocupacionais em 2018 ficaram empregados seis meses depois de terem terminado esses programas”.


“Para os TSD parece ser negativo que os açorianos deixem de estar em programas ocupacionais e passem a integrar o mercado de trabalho”, lamenta a parlamentar.


“Os TSD ficam desagradados com o facto de o Governo dos Açores estar a regularizar a situação dos trabalhadores precários? Preferem as políticas que o Governo do PSD impôs na República, criando graves desigualdades entre trabalhadores e fomentando a discórdia entre gerações?”, questionou a parlamentar.


O PS, garante Graça Silva, “mesmo sabendo que não se pode contar com o PSD, não abdica de trabalhar para resolver as situações dos Açorianos, seja através dos incentivos à criação de mais e melhor emprego, como tem sido feito através de medidas já implementadas, quer no combate à precariedade, como acontece com a medida agora aprovada”.

2020-02-12 16:06:33, por PS/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados