Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Encontro com a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores foi “bastante útil e proveitoso”, afirma Vasco Cordeiro


Vasco Cordeiro apresenta à Assembleia da República “posição açoriana” sobre os próximos fundos comunitários


Presidente do Governo recebeu a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo


Vasco Cordeiro destaca impacto para as Flores de obras nas áreas da Educação, Saúde e Transportes Marítimos


Artigos de Opinião

José Contente José Contente
"Prole trumpista"
2018-10-10
Mónica Rocha Mónica Rocha
"Preparar o futuro hoje"
2018-10-10
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Mente mais do que fala"
2018-10-04
Lara Martinho Lara Martinho
"Por nós as pessoas"
2018-09-29
José Contente José Contente
"Melan(cólicas)"
2018-09-26
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Notas Parlamentares"
2018-09-26
André Bradford André Bradford
"Pelos Açores, com os Açorianos"
2018-09-21
  Homepage Homepage Homepage Homepage

« NOTÍCIA ANTERIOR
GPPS promove iniciativa parlamentar para assegurar d...

PRÓXIMA NOTÍCIA »
Estratégia de combate à pobreza demonstra atenção qu...

Comunicado da Secção do PS/Ponta Delgada

PS Açores - Comunicado da Secção do PS/Ponta Delgada

Em face do comunicado do Coliseu Micaelense, a propósito da notícia de que os vereadores do PS exigiram da Câmara Municipal de Ponta Delgada, uma auditoria externa às contas do Coliseu Micaelense, entende a secção do PS deste concelho, esclarecer o seguinte:


1.       O PS/Ponta Delgada lamenta que a maioria PSD, na Câmara Municipal de Ponta Delgada se esconda atrás da Administração do Coliseu Micaelense e, com isso, demonstre falta de coragem política;

2.       Não se percebe que tendo-se abstido na reunião de Câmara, o PSD queira agora tapar o sol com a peneira;

3.       Não é o software que está em causa, mas sim a atuação da sociedade Coliseu Micaelense;

4.       Faturar produtos e/ou serviços diferentes dos vendidos e com valores diferentes do valor de venda; recusar anular documentos emitidos erradamente e sugerir faturar ao cliente, vendas efetuadas a terceiros não é uma questão de software. É, isso sim, uma má prática que pode configurar ação criminosa;

5.       É falso que os factos apresentados tenham por base as redes sociais, como sabem, quer o senhor Presidente quer os senhores vereadores da Câmara Municipal de Ponta Delgada, que viram os documentos apresentados e anexados à proposta apresentada pelo PS na reunião de Câmara;

6.       O PS/Ponta Delgada considera que quer a administração do Coliseu Micaelense, quer a maioria PSD, na autarquia do maior concelho dos Açores, deveriam ser as primeiras a procurar esclarecer a situação reportada que pode configurar crime fiscal;

7.       A preocupação com o custo da auditoria deveria ser direcionada para assegurar uma atuação exemplar, quer do ponto de vista funcional, quer do ponto de vista fiscal da Sociedade Coliseu Micaelense;

8.       Os factos verificados e denunciados pela vereação socialista têm por base denúncias e documentos relativos a 2017 e a 2018, anos não auditados pelo Tribunal de Contas. Para além disso, o proposto e aprovado com os votos a favor do PS e abstenção do PSD, vai além de uma simples auditoria à faturação, pois abrange as áreas financeiras e funcionais da referida entidade;

9.       Se efetivamente: quem não deve não teme, o PS de Ponta Delgada aguarda com serenidade os resultados da auditoria aprovada;

10.   É bom lembrar que não é possível mascarar um mamute de formiga, nem mesmo em vésperas de Carnaval.

Secção do PS/Ponta Delgada


 

2018-01-12 10:51:30, por PS/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados