Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Trabalhadores da COFACO “estarão sempre na primeira linha de defesa do PS”


Vasco Cordeiro anuncia que casas vagas nas Lajes estão disponíveis para projetos que dinamizem economia da Terceira


Ministro garante ao PS que não há abandono das Lajes


Para Serrão Santos "regionalização das medidas técnicas da pesca é passo importante".


Artigos de Opinião

Lara Martinho Lara Martinho
"2018 - A oportunidade de cada um se realizar"
2018-01-13
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Sensibilização em vez de imposição"
2018-01-10
Lara Martinho Lara Martinho
"Política Externa Portuguesa"
2018-01-08
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Greve. A palavra de arranque de 2018"
2018-01-03
Lara Martinho Lara Martinho
"Adeus 2017, Bem-Vindo 2018"
2017-12-27
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Um ensaio para todos os anos"
2017-12-27
Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"Sentidos Únicos"
2017-12-22
  Homepage Homepage Homepage Homepage

« NOTÍCIA ANTERIOR
Álamo Meneses afirma que não há vitórias antecipadas...

PRÓXIMA NOTÍCIA »
Vasco Cordeiro destaca “grande vitória” do PS nas el...

Investimento de 752 milhões de euros em 2018 para potenciar novo ciclo da economia, anuncia Vasco Cordeiro

PS Açores - Investimento de 752 milhões de euros em 2018 para potenciar novo ciclo da economia, anuncia Vasco Cordeiro

O Presidente do Governo dos Açores anunciou hoje que a anteproposta de Plano para 2018 prevê um montante global de cerca de 752 milhões de euros de investimento público, no sentido de potenciar o novo ciclo que se verifica na economia regional.


“O que se tem vindo a notar é um crescimento e uma melhoria desses indicadores e a anteproposta de Plano para 2018 reflete este novo ciclo da economia regional, potenciando esta situação para que haja um crescimento ainda mais sustentável, ao nível do emprego e da criação de riqueza”, afirmou Vasco Cordeiro.


O Presidente do Governo falava após a reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica destinada à apresentação e análise das antepropostas que foram aprovadas quarta-feira na reunião do Conselho do Governo que decorreu em Ponta Delgada.


Em declarações aos jornalistas, Vasco Cordeiro adiantou que o investimento público previsto nesta anteproposta de Plano pretende, assim, dar as condições para que se concretizem vários objetivos fundamentais definidos pelo Executivo.


Nesse sentido, anunciou que o objetivo ligado ao Emprego e ao Crescimento Económico, baseado no conhecimento e na inovação, congrega a maior percentagem destas verbas - cerca de 52 por cento -, no qual se incluem as áreas da competitividade empresarial, da agricultura e desenvolvimento rural, das pescas e do turismo.


Um segundo objetivo em que esta proposta de Plano garante as condições para a sua concretização tem a ver com a Qualificação e a Qualidade de Vida, integrando as áreas da educação, da cultura, da solidariedade social, da habitação e o investimento da política de saúde, absorvendo mais de 20 por cento do total do investimento público, salientou Vasco Cordeiro.


Uma terceira componente desta anteproposta dirige-se à Sustentabilidade do Desenvolvimento e à Utilização de Recursos, que abrange mais de 26 por cento do total do investimento público, incluindo-se neste objetivo as áreas do ambiente, dos transportes e da política do mar. “É um Plano que, simultaneamente, dá resposta àquele que é um novo ciclo na nossa economia e que pretende continuar na construção dos alicerces para que esse novo ciclo tenha sustentabilidade e um crescimento consolidado, em benefício dos Açorianos”, assegurou o Presidente do Governo.


Segundo disse, este novo ciclo tem tido expressão prática, quer com o crescimento do emprego e a diminuição correspondente do desemprego, quer com um conjunto de outros indicadores, não apenas no setor turístico, mas também no setor primário, embora alguns destes indicadores ainda sejam insuficientes, como são os casos do preço do leite à produção e o rendimento da pesca.


No início deste mês, Vasco Cordeiro convidou os partidos políticos representados na Assembleia Legislativa e os parceiros sociais para uma ronda de audições no âmbito da preparação destes documentos. Na sequência da reunião de hoje, os parceiros sociais têm até 20 de outubro para dar o seu parecer ao documento apresentado pelo Governo.


No próximo mês, as propostas, depois de aprovadas em Conselho do Governo, serão entregues na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores para debate e votação em plenário.


O Conselho Regional de Concertação Estratégica integra representantes dos trabalhadores, dos empregadores, dos setores das pescas e da agricultura, das autarquias locais, das instituições particulares de solidariedade social, das associações de defesa do consumidor, de defesa do ambiente, da área da igualdade de oportunidades e da Universidade dos Açores, além dos representantes dos Açores no Conselho Económico e Social e três personalidades de reconhecido mérito nas áreas de competência deste Conselho. [GaCS]

2017-09-29 16:25:06, por PS/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados