Página Principal Presidente Presidente Honorário Partido Media Center Contatos Siga-nos!
 

Notícias PS/Açores

Novos investimentos revelam confiança na atividade económica, que cresceu 2,3%


As pessoas e as famílias são a razão das escolhas das políticas sociais e económicas do Governo dos Açores


Vítor Fraga vai criar o “Simplex Agricultura”


​“Rota do Leite” em Ponta Delgada é para avançar a partir de outubro, garante Vítor Fraga


Artigos de Opinião

Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Há a carga e há muito de nós"
2017-08-10
André Bradford André Bradford
"Solução responsável"
2017-07-28
Ricardo Serrão Santos Ricardo Serrão Santos
"Atum, uma questão global"
2017-07-28
Sónia Nicolau Sónia Nicolau
"Já foste felicitado?"
2017-07-27
Dionísio Faria e Maia Dionísio Faria e Maia
"Ética e contraditório"
2017-07-27
José San-Bento José San-Bento
"Falta de Comparência"
2017-07-26
André Bradford André Bradford
"Abandonar a Autonomia"
2017-07-24
ESTÁ AQUI:Media Center»Opinião
José San-Bento

Opinião

"Falta de Comparência"

José San-Bento
2017-07-26

 

Os partidos políticos da oposição parlamentar resolveram protagonizar um insólito frentismo político contra o PS. PSD, CDS-PP, BE, PCP e PPM resolveram fabricar uma falsa indignação para justificar o injustificável: o abandono dos seis deputados da oposição membros da Comissão de Economia do Parlamento açoriano, presidida pelo socialista Miguel Costa.
No entender da oposição, Miguel Costa cometeu um crime de lesa Autonomia por ter enviado um email, a um dirigente da Unidade de Saúde da Ilha do Pico, a solicitar a não cobrança às juntas de freguesia das horas que os autarcas, que sejam funcionários da Saúde, despendem ao serviço das autarquias em regime de dispensa. O que Miguel Costa solicitou tem suporte legal e é o que toda a administração regional sempre praticou. No Pico havia a intenção de passar a cobrar essas horas e Miguel Costa insurgiu-se. Costa não agiu como deputado mas como dirigente de Ilha do partido e não procurou uma exceção para os autarcas do seu partido, mas sim assegurar igualdade para todos os partidos na Ilha do Pico, há semelhança do que vigora em todas as outras ilhas.
Enquanto Deputado e presidente da Comissão de Economia a atitude de Miguel Costa tem sido muito meritória. Ele tem procurado prestigiar o Parlamento e dignificar o trabalho dos deputados. Tem tido uma postura de imparcialidade, estimula as deliberações por consenso e procura envolver todos os partidos e ouvir todas as opiniões. Alegar a “falta de confiança” em Miguel Costa é uma enorme injustiça e uma monstruosa mentira.
O que está em causa não é a falta de idoneidade de um Deputado do PS que preside a uma comissão. Estamos perante uma oposição arrogante que não aceita os resultados eleitorais e que não tem o mínimo decoro em atingir a Autonomia e a imagem dos Açores recorrendo à politiquice, na ilusão de obter dividendos políticos.
A falta de comparência dos partidos da oposição na Comissão de Economia é um tiro nos pés. Os açorianos saberão julgar quem abandona o trabalho, quem abdica dos seus compromissos e quem foge às suas responsabilidades.

 

Mais Artigos

Sónia Nicolau Há a carga e há muito de nós



André Bradford Solução responsável



Ricardo Serrão Santos Atum, uma questão global



Sónia Nicolau Já foste felicitado?



Dionísio Faria e Maia Ética e contraditório



José San-Bento Falta de Comparência



André Bradford Abandonar a Autonomia



Sónia Nicolau O que esperam de nós?



> >>

Arquivo Histórico do PS/Açores
PSA TV - Canal YouTube Ps/Açores

 
HomeNotícias | Media Center | Agenda | OpiniãoPartido | Presidente | Grupo Parlamentar ALRAA | Deputados AR | Deputados PE | Documentos | Links | Contactos
 
Sede Regional - Bairro da Vitória - Rua Dr. Armando Narciso, nº 5 – S. José - 9500-185 Ponta Delgada
Partido Socialista Açores © Todos os Direitos Reservados